18 de Agosto de 2019,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, 20h:06 | Atualizado:

FIM DO DRAMA

Santa Casa paga salários atrasados dia 27


Gazeta Digital

SANTACASA.jpg

 

A novela da Santa Casa, que se arrasta há mais de dois meses, pode ter um fim ainda em maio. Isso por causa da mediação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Se tudo der certo na próxima audiência, marcada para 27 de maio, a expectativa é que os salários atrasados dos cerca de 800 funcionários sejam pagos ainda em maio. Já as verbas rescisórias e os direitos trabalhistas, serão acertados depois.

Segundo o diretor financeiro da Santa Casa, capitão Daniel Pereira, a primeira audiência, realizada em 10 de maio, a Assembleia Legislativa e o Estado voltaram a se comprometer em repassar recursos, que serão depositados em uma conta judicial para serem usados apenas para o pagamento dos salários dos funcionários, que somam aproximadamente R$ 10 milhões. Já a Prefeitura, que havia inicialmente se disposto a colaborar, não compareceu à audiência, mas será convidada para a próxima reunião.

O valor prometido pela Assembleia Legislativa, de R$ 3,5 milhões, sairá da economia realizada pela Casa de Leis, que em outros anos já devolveu para o Estado esse “excedente”. Já o governo do Estado irá adiantar algumas parcelas da indenização que será paga pelo uso da estrutura e equipamentos da Santa Casa. Para completar o montante, a expectativa é que a Prefeitura cumpra a promessa de destinar R$ 3,5 milhões.

“Se não houver desacordo na reunião, a previsão é que o pagamento seja concretizado até 31 de maio. O recurso entrando na conta judicial, a Justiça do Trabalho tem de 48 a 72 horas para repassar os salários. Estamos fazendo o levantamento e vamos apresentar os nomes, valores e contas dos funcionários”, explica Pereira.

Essa primeira etapa da negociação é para pagar apenas os salários e, de acordo com o diretor financeiro, serão incluídos nessa conta os funcionários que foram demitidos esse ano. “Os direitos trabalhistas são outro processo. Até porque com essa requisição, a Santa Casa vai demitir todos os funcionários e o Estado vai contratar alguns em caráter de urgência por 3 meses”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS