21 de Setembro de 2019,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 17h:30 | Atualizado:

Secretaria implanta projeto por melhoria da gestão escolar e pedagógica

Com o objetivo de apoiar as escolas da rede estadual em seus processos de melhoria da gestão escolar e pedagógica, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) desenvolveu o projeto “Seduc vai à Escola”. A cerimônia de lançamento do projeto ocorreu nesta quinta-feira (12.09) e contou com a presença de assessores pedagógicos, diretores e coordenadores das escolas estaduais de Cuiabá e Várzea Grande.

Conforme explicou a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, o projeto começará a ser implementado na próxima segunda-feira (16.09), nas escolas de Cuiabá e Várzea Grande. No entanto, o projeto será realizado nas 768 escolas estaduais nos 141 municípios do Estado, com a parceria dos 15 polos dos Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapros) e das assessorias pedagógicas.

“Será um trabalho realizado em equipe, pois acredito que somente juntos vamos conseguir superar os grandes desafios e gargalos que temos na educação. Juntos vamos começar a viver o que chamamos de ‘Super Ação’”, disse a secretária.

Ainda segundo a secretária, a Seduc vai para dentro das escolas, para construir novas relações de trabalho e formas de organizações. E para isso contarão com a parceria da vice-governadoria, que vai ajudar a fortalecer essa ação.

“O intuito deles estarem nessa parceria é conhecer de perto quais são as nossas fragilidades em relação à infraestrutura e logística e buscarmos juntos as ferramentas necessárias para superar essas dificuldades”, pontuou.

“Vamos primeiro levar às unidades um diagnóstico educacional de cada uma delas. Com esse diagnóstico em mãos, vamos poder discutir com diretores e coordenadores pedagógicos alguns pontos de diferentes aspectos da gestão, como da infraestrutura escolar, das relações institucionais, dos espaços escolares, administrativa e pedagógica, ou seja, vamos identificar quais são as grandes deficiências da escola e como nós podemos melhorar esses cinco eixos de gestão”, completou Marioneide.

A secretária adjunta de Gestão Educacional da Seduc, Rosa Maria Luzardo, apresentou o projeto e explicou como funcionará nas 768 escolas da rede estadual. Segundo Rosa Luzardo, o projeto tem como estratégia levar e conhecer ações exitosas da rede, interagir e desenvolver, com os profissionais da educação, métodos e ações que contribuam para a melhoria pedagógica e de gestão escolar, com foco na aprendizagem dos alunos.

“Esse é um trabalho que será desenvolvido coletivamente com todos os setores da rede de educação. É uma proposta desafiadora, mas, com certeza, nós iremos fazer a diferença”, destacou.

O projeto vai apresentar às unidades educacionais a estrutura organizacional da Seduc e as políticas públicas educacionais, buscando a integração das áreas e do vínculo permanente com as diferentes unidades da pasta. Busca orientar sobre o uso de indicadores, a importância da avaliação e o processo de intervenção pedagógica para a melhoria da aprendizagem dos estudantes; fazer levantamento das necessidades com vistas à reestruturação do pano de ação da escola.

O projeto busca ainda orientar as escolas acerca do processo de implantação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Documento Referência Curricular de Mato Grosso (DRC-MT); orientar sobre a formação continuada dos profissionais; divulgar projetos pedagógicos voltados à motivação e engajamento dos estudantes, promovendo o protagonismo estudantil; auxiliar na regularização da prestação de contas dos recursos financeiros; entre outros.

“Com esse projeto, espera-se que as escolas possam ressignificar as suas práticas de gestão e pedagógica voltadas para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem, das relações internas com os diversos segmentos da Escola, da ambiência e espaço físico e dos processos administrativos e otimização dos recursos financeiros”, concluiu a secretária adjunta.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS