03 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h:00 | Atualizado:

POVO NAS RUAS

Secretário detona população de VG: "pensa que tem hospital exclusivo"

Gilberto Figueiredo afirma que distanciamento é a orientação do Governo do Estado para diminuir a contaminação do novo coronavírus


Da Redação

gilbertoooo.jpeg

 

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, fez duras críticas à população várzea-grandense ao apontar a falta de preocupação de moradores do município com o novo coronavirus. Durante live no Facebook na manhã desta sexta-feira (29), o chefe da Saúde Estadual apontou que a população do município ficou relaxada após a inauguração do Hospital Metropolitano. 

Segundo ele, os munícipes acreditam que ganharam um “hospital exclusivo” ficando confortáveis em descumprir as regras de isolamento social em meio a pandemia. “A gente percorre alguns bairros em Várzea Grande e parece que a população não acha que existe uma pandemia. A população acha que ganhou um hospital que salva todo mundo. O hospital, primeiro, não é exclusivo para Várzea Grande. É para o Estado de Mato Grosso e nós não queremos vocês dentro do hospital, não queremos que as pessoas sejam infectados, ou sejam infectados leves”, disparou.

A unidade hospitalar foi inaugurada há pouco mais de duas semanas como unidade de referência para o atendimento aos casos graves de Covid-19. Ao todo foram entregues 238 leitos clínicos e 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Contudo, o gestor da pasta apontou que grande parte dos populares ainda não entenderam a funcionalidade do hospital e insistem em ignorar o atual cenário pandêmico da cidade, que já possui 203 casos confirmados e 10 mortes pela doença. O município é o campeão em óbitos. “Um percentual vai ter gravidade. Um percentual desses que tem morbidade vão ser afetados e vão correr mais risco. E não para aqueles que poderiam ficar fora dele, estão indo ao encontro”, completou.

Na coletiva online, o secretário estadual de Saúde reforçou que o distanciamento é a orientação para evitar a contaminação e disseminação do vírus. Ele defendeu a reabertura do comércio, só que orientou para a população a procurar esses locais apenas em questões emergenciais. "Ainda não é o momento de procurar esses locais para divertir. Somente em questões urgentes é orientado a irem ao comércio", argumentou. 

UTIS EM CUIABÁ

Durante a transmissão, Figueiredo também citou o polêmico fechamento de 40 unidades de UTIs em hospitais geridos pela Prefeitura de Cuiabá e ingressou o tom para dizer que o Estado vai fiscalizar para auditar o funcionamento dos leitos. “Nós vamos cumprir a nossa obrigação e fiscalizar sim, queira ou não queira, mesmo que precise decisão judicial. É por isso que o governo do Estado teve que entrar na justiça para conseguir cumprir sua função. Eu não posso passar por mentiroso pro Ministério da Saúde. E nós para fazermos a supervisão nos leitos da Prefeitura de Cuiabá fomos impedidos reiteradamente mais de uma vez, até que o dia que a paciente esgotou”.

Por fim, Figueiredo colocou que o Estado terá que abrir novos leitos para compensar os que foram fechados para evitar que haja um colapso, já que as expectativas são de que os casos dobrem nos próximos dias.

“Todos os dias nós estamos fazendo esforços para ampliarmos, qualquer movimento de retirada de leito de UTI dessa planilha dificulta nossa ação e nos deixa mais vulnerável no caso de um colápso no sistema de saúde”, finalizou. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Januário Jereba | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 21h15
    2
    0

    Soca cloroquina nesse povo, a maioria é ignorante e imbecil. Ou é petista ou bolsonarista. Com poucas exceções que tem problemas preexistentes e pegaram por algum descuido a maioria tá passeando, fazendo caminhada e festa, tudo sem máscara, indo pra chapada e sitio todo fds. Tem que ir pra vala mesmo. A cada dia vejo que Darwin tem razão. Ignorantes, imbecis, "valentões e corajosos" não duram. Ter medo é bom, o medo salva mais gente do que a coragem e a ignorância.

  • Luiz | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h49
    1
    1

    Secretário que explicação mas descabida essa,por causa do novo hospital metropolitano, a população telaxou, como sempre a versão vem com a velha sorrateira politiqueira, não vai dizer que a prefeita não fez as medidas adequadas conformes os protocolos sanitários requeria, na verdade falou a intervenção do estado que não fez o dever que era a fiscalização do comprimento do decreto.

  • Servidor PS VG | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h21
    6
    0

    VG tinha de sofrer uma intervenção do estado na área da saúde, que está um caos, a cidade está entrando em colapso no sistema de saúde, tem profissionais trabalhando infectados dentro do pronto socorro, falando nisso SOCORRO GOVERNANTES !

  • AGORA | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h12
    0
    0

    TODOS. METEM..... A. LENHA. O. MT. PIOR. ESTADO. NO. CONTROLE. DA. PANDEMIA...ISSO. E. UMA. V. E. R. G. O. N. H. A

  • João José | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 16h08
    1
    2

    Esse palhaço é um indecente, desde a época de faculdade se achava o tal!!! Vá se lascar indecente!!!

  • parasita | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 15h41
    4
    2

    Secretário incoerente, fala para ficar em isolamento, mas está executando obras na sede da secretaria de saúde do estado com grande aglomeração de pessoas, funcionando das 7:00h às 19:00h, sem permitir que os servidores possam tirar férias ou licença que tem direito. Também está guardando várias ambulâncias no estacionamento, só esperando definir a data das eleições para começar a campanha.

  • Ggm | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 15h33
    7
    2

    Vg já está no caos.

  • Eric lauro | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 14h36
    10
    9

    Agora o patinho feio é Várzea Grande, só que o povo precisa trabalhar, não tem salário igual o seu, aposto que sua família deve estar em fazenda junto com a do governador né, só pra te lembrar que 4 anos passa rápido,.

  • matogrossense | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 13h14
    11
    3

    Não parece Secretário.......Eles tem certeza , inclusive o prefeito Jayme brada Hospital de Várzea Grande/MT!!! Eles repetem o que ouvem e fazem o que os mandam fazer!! Fácil acabar com a farra.... é só deduzir dos repasse mensal que o estado de MT faz para o município de Várzea Grande todo o custo com os pacientes , o Prefeito decreta até lockdown na hora!!!! Fazer cortesia e propaganda eleitoral com chápeu alheio é fácil, né??????

  • Net Programmer | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h51
    17
    8

    Afora a necessidade urgente de mudança de comportamento para evitar o contágio pelo no Coronavírus, em isso sim é de conhecimento da população de VG da qual faço parte, o Sr. Secretário em questão é exageradamente crítico e negativo, só reclama, critica e dá notícia ruim cada vez que se pronuncia. Sugerimos ao nobre Secretário que visite e permaneça atrás do Shopping 3 Américas em um final de tarde e conte o número de CUIABANOS que transitam uns próximos dos outros ali, ainda que por motivo nobre que no caso, caminhar, cuidar da saúde, mas ali também não se vê isolamento ou respeito à necessidade dele. Visite Sr. Secretário, a 13 de Junho durante a manhã, logo ai perto da Prefeitura de Cuiabá, Visite o CPA I, CPA II e lá também verá aglomerações e desrespeito. Várzea Grande precisa melhorar sim, mas tenha respeito ao falar da nossa cidade e de seus moradores. Ter hospital para atender a população não é luxo, é obrigação do poder público.

  • VALTER BARGANHOS | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h41
    9
    7

    FICA ARROTANDO PORVINHA AI. JÁ O JC MANDA DISTRIBUIR CLOROQUINHA PRO POVO DE VG E ACABA COM A ROUBALHEIRA.

  • Juca Andrada | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h23
    16
    20

    Essa VG é o nordeste dentro do Mato Grosso. Parece que é outro Estado, o nível intectual e cultural é baixíssimo, a estrutura da cidade é péssima, sem esgoto , sem água, sem asfalto .... Culpa do coronelismo , consequências dos votos de cabreto. o povo vive em uma realidade paralela .

  • zumbi | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 12h23
    15
    9

    As palavras tem que serem durar para ver se esse povo toma jeito, são muito irresponsáveis esse povo. Agora a pressão é pelas academias , que abram , o que vai acontecer é que os bons da boca quando souberem que teve o primeiro infectado matriculado , vão colocar os rabinhos entre as pernas e voltar para casa rapidinho . Gostaria muito de saber que ânsia é essa para que reabram os shoppings , tem gente aqui do meu lado que dizendo que esta com saudades de sentar para tomar cafezinho expresso ou mesmo tomar sorvertinho do bob´s, esses caras tão de sacanagem meu Deus. ...tem que pegar o virus mesmo para ver se aprendem , desejo que peguem mesmo , para sentir o drama , não tem mais o que falar para essas pragas.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS