17 de Agosto de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 16h:00 | Atualizado:

COBRANÇA POR REAJUSTE

Servidores da Sema aprovam greve em MT

servidoressema.jpg

 

Em assembleia geral realizada nessa segunda-feira (10), os servidores da Sema votaram pelo indicativo de greve em razão da sinalização do Governo em não cumprir a Lei de Carreira 10.596 de 06 de setembro de 2017, aprovada pela Assembleia Legislativa após todos os estudos de Impacto Financeiro e sancionada no governo de Pedro Taques e ainda a adesão ao movimento de paralisação nacional do dia 14 de junho contra a Reforma da Previdência que o Governo Federal quer aprovar no Congresso Nacional, além de manifestar em defesa da educação pública, contra os cortes de verbas e principalmente pelo cumprimento do estabelecido na nossa lei de carreira. O indicativo de greve votado faz referência na possibilidade do governo em não cumprir o estabelecido na lei de carreira que reajusta os subsídios dos servidores da Sema em 5,5% a partir de 1º de junho de 2019 e 6,40% previstos para 1º de junho de 2020.

“O governo alegou impacto da ordem de R$ 200 milhões, entretanto, a carreira do meio ambiente representa impacto para o ano de 2019 em torno de R$ 3,5 milhões e em torno de R$ 9,5 milhões em 2020 e que os impactos financeiros foram criteriosamente estudados e ao fim provisionados pelo governo, desta forma podendo ser implementados”, explica Germano Passos, presidente do Sintema.

O governo atual alega falta de caixa, de extrapolar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e cita o recebimento da Notificação Recomendatória do Ministério Público Estadual para não conceder os reajustes estabelecidos nas leis de carreira.

O Sintema protocolou ofícios solicitando agendamento de reunião, na busca do diálogo com o governador Mauro Mendes e aguarda este encontro o mais breve possível para a busca de soluções sobre a implementação da Lei de Carreira dos servidores da Sema.

O sindicato também protocolou ofício para o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho para intermediar, haja visto que o Deputado é conhecedor dos estudos desenvolvidos para a concessão da Lei de Carreira da SEMA.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Platao | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 09h04
    1
    0

    Aos “pequenos” usuários, a população em geral que reclamam dos serviços da SEMA vai um esclarecimento. Quando digo “pequenos” é porque vocês já viram os grandes usuários (aqueles que financiam campanhas dos governadores e deputados) reclamarem? A gestão de cada órgão do Estado é pautada pelo Governo meus caros, a SEMA ainda existe porque há servidores que precisam disso para sustento da família. Se for pela vontade do Governo o órgão já teria aberto as pernas, portanto, analisem e conscientizem-se. Não caiam no discurso do governo de jogar a população contra os servidores públicos. Alias apenas servidores do executivo, porque Assembleia, TCE, MP, TJ, todos receberam o reajuste, verbas etc, agora me digam o que eles produzem ou arrecadam para o Estado? fica a reflexão.

  • Breno | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 08h55
    2
    2

    Nossa, ai nós visualizamos quanto foi irresponsável o governo que autorizou esses aumentos, mais uma carreira com aumentos acima da inflação e parcelados em vários anos. Onde vamos parar?

  • Indignado com os corruptos | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 08h11
    1
    3

    Dia 14, o PT de Lula está organizando uma paralisação contra a Reforma da Previdência e pelo "Lula Livre". Por esse motivo, eu não participarei. Estamos vendo o movimento sindical, ligado ao maior estelionatário do Brasil, usando os servidores públicos, que lutam pelos seus direitos, a serviço de uma causa que é apenas dos partidos de esquerda como PSOL, PT, PSB, PDT, PC do B.

  • walter liz | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 07h59
    1
    3

    realmente esse povo não quer saber de trabalhar, só sabem falar de aumento, e conquistar penduricalhos, não estão satisfeitos se mandam, garanto que terá muita gente querendo ganhar o que voces ja ganham

  • Raimundo | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 07h49
    1
    3

    Essa SEMA é um caos, se pagassem por produtividade os funcionários sairiam devendo. Deveria ser extinto, nem que volte para o IBAMA a competência.

  • carolina | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 00h43
    1
    2

    Se não pode dar o reajuste de dobra e a RGA aos professores e demais profissionais da educação, nesse caso muito menos a SEMA, cuja categoria já tem um rendimento na faixa de R$18.000,00, ou seja, quase o dobro de um professor já em final de carreira e que tenha doutorado. Ainda mais que essa lei foi aprovada após o estouro da LRF em 2018, o que não é o caso da lei da dobra de nós professorados, pois os limites estavam todos na conformidade da lei fiscal.

  • Pedro Paulo Assumpção | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 21h23
    11
    1

    A SEMA em greve??? Piada né?!?! Pra vc ter um ideia a CAPIA que licencia atividades agropecuárias esse ano não analisou nada, imagina isso em um estado agropecuária é uma tragédia, tanto faz se fizerem greve, deviam medir a produtividade de uns lá vão assustar. Em breve será extinta por inércia, algumas coisas saem kkkkk o recurso hídrico é outro setor onde reina a soberba.

  • sandra | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 19h01
    11
    6

    Essa lei da SEMA, foi aprovada irregularmente, uma vez que os limites prudenciais na época, já haviam sido ultrapassados, ou seja, o governo atual não pode aplicar o reajuste de 5,5%, já que estaria dando aval a uma ilegalidade e além disso, teria que pagar sim o reajuste d dobra dos professores e também a RGA a todos os servidores de MT. Fiquem de olho!!!!!!!

  • tiago | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 18h58
    11
    1

    Professores de MT em greve, fiquem atentos, se o governo vai implantar os reajustes neste mês de junho/2019, aos servidores da SEMA, no patamar de 5,5%, o que daria um impacto a mais na folha de pagamento no valor de R$4.975.072,73 (Quatro milhões, novecentos e setenta e cinco mil, setenta e dois reais e setenta e três centavos),vide a mensagem nº 55/2017 no sítio da ALMT. Bem como do fiscais do grupo ocupacional TAF da SEFAZ, cujo impacto financeiro está na casa dos R$24.000.000,00 (vinte e quatro milhões), para o ano de 2019, a partir de julho/2019, caso o governo implante na folha, tudo isso esta no sítio da ALMT, para fins de comprovação e transparência quanto a informação. Todos sabem que essas 02 (duas) leis foram aprovadas e sancionadas pelo governador, quando o Estado de MT já tinha superado os limites prudenciais da LRF, no segundo quadrimestre de 2018, porém o TCE e o MPE se calaram quanto as essa irregularidade.

  • Paletó | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 18h54
    9
    3

    Porquê deram aumento para os poderes, executivo que faz gerir a máquina... indicativo de grave já.

  • Paletó | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 18h54
    6
    3

    Porquê deram aumento para os poderes, executivo que faz gerir a máquina... indicativo de grave já.

  • Renato Polaco | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 18h07
    13
    12

    A SEMA é um atraso, literalmente, não fazem nada certo.

  • Servidor | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 17h53
    16
    7

    OS COLEGAS DA SEMA TEM TODA RAZÃO PORQUE LEI É FEITA PARA CUMPRIR , MAS ESTE MAURO MENDES SÓ ACHA QUE LEI TEM QUE SER CUMPRIDA APENAS QUANDO É PARA PUNIR OS SERVIDORES, MAS QUANDO É DIREITO DO SERVIDOR ELE DESRESPEITA A LEI...PORTANTO, ESTÃO TOTALMENTE CERTOS EM FAZER GREVE PORQUE SE O GOVERNO PELO MENOS CHAMASSE PARA CONVERSAR E FAZER UM COMPROMISSO DE CUMPRIR NUM OUTRO MOMENTO. MAS ELE SIMPLESMENTE ACHA QUE NÃO TEM CUMPRIR É PRONTO..OS SERVIDORES VÃO IMPOR A MAIOR HUMILHAÇÃO PARA ESTE MAURO MENDES NAS URNAS ...

  • BOLSONARO2022 | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 17h33
    11
    10

    Governadoooor acaba com essa SEMA, antes que seja picado !

  • alexandre | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 16h54
    11
    11

    vao se afundar junto do sintep pt...

  • RENATA | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 16h41
    19
    7

    firme pessoal, esse desgoverno vai perder. antes que um trouxa venha reclamar, o dinheiro do servidor movimenta o comercio, a crise é decorrente a essas atitudes do governo. problema para o estado são os autos salários como o do procrurador/secretário GALLO que ganha R$ 39293.32. http://www.gestao.mt.gov.br/images/files/SECRETARIA_DE_ESTADO_DE_FAZENDA03062019094604.pdf

  • Francisco | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 16h39
    13
    16

    Salário dos servidores da SEMA é um dos melhores do estado de MT, média de R$ 18.000,00, líquido, tão querendo mais o que???????

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS