27 de Janeiro de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 19 de Agosto de 2014, 19h:20 | Atualizado:

Servidores participam do Planejamento Estratégico

Pelo menos 180 servidores participaram da Pesquisa do Planejamento Estratégico disponibilizada na Intranet do Tribunal de Justiça de Mato Grosso no período de 11 a 15 de agosto. Por meio da ferramenta Google Drive, uma equipe da Coordenadoria de Planejamento (Coplan) criou um formulário para envio de críticas e sugestões. As manifestações foram recebidas e farão parte do diagnóstico que ajudará na elaboração do Planejamento Estratégico 2015/2020.

A assessora de Organização e Métodos da Coplan, Guimarilza Souza, explica que o questionário foi feito para complementar a participação dos servidores, já que nem todos puderam comparecer às audiências públicas realizadas nas 11 comarcas polos do Estado, nos últimos meses. “Colocamos um link de acesso na Intranet em forma de um pop-up direcionado ao formulário. Os servidores puderam participar anonimamente, sem identificar seus dados pessoais”, esclarece.

Dentre as diversas ações pensadas, para a concretização do Planejamento Estratégico que guiará as ações do Poder Judiciário nos próximos seis anos, estava a iniciativa de abrir mais um canal de comunicação com os servidores. É o que conta o diretor de Planejamento do TJ, Flávio Paiva Pinto. De acordo com ele, diversas sugestões foram recebidas dentro de quatro eixos: Acesso ao Sistema de Justiça, Eficiência Operacional, Gestão de Pessoas, Infraestrutura e Tecnologia. As ponderações estão sendo coletadas e tabuladas.

“A intenção era poder ouvir os nossos servidores, onde está o estoque de conhecimento do Judiciário, para que pudessem colaborar, de forma efetiva, da elaboração desse planejamento com suas sugestões e críticas. A partir de então, trabalharemos em cima disso”, afirma. Além disso, pontua que ouvir os servidores é uma das prioridades da atual gestão. “São os servidores que atuam diretamente no processo e por isso é necessário ouvi-los nesse momento. Sem a opinião deles, teríamos um planejamento incompleto”.

O Planejamento Estratégico 2015/2020 deve ficar pronto até março de 2015, conforme determinação da Resolução 198 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Antes disso, deve ser apresentado do Pleno nos próximos meses.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS