11 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 12h:54 | Atualizado:

Sob nova gestão, Hospital de Sinop já apresenta resultados positivos

A nova direção do Hospital Regional de Sinop, que assumiu há pouco mais de dois meses, trabalha para melhorar a qualidade do atendimento à população. Para a diretora administrativa da unidade, Silmara Santana, a união de forças fez a diferença nesse processo de transição para garantir o atendimento ao paciente. "Como o momento era extremamente delicado e refletia uma grave crise no sistema hospitalar, nós priorizamos ações urgentes como as negociações com o corpo clínico e a contratação dos serviços. Também demos atenção à nutrição e toda adequação do refeitório, com área de preparação e estoque de acordo com a legislação vigente, abastecimento de gêneros alimentícios e material de limpeza, adequação do cardápio e implantação de café da manhã, almoço, jantar e ceia aos colaboradores", destaca.

A diretora administrativa explica também que outros serviços essenciais foram efetivados para dar mais segurança aos colaboradores e principalmente aos pacientes, como serviços de coleta de resíduos, manutenção da infraestrutura do Hospital, implantação de segurança patrimonial e reabastecimento de medicamentos.

“Nestes últimos dois meses, já existe maior resolutividade nos casos que são atendidos na unidade, assim como uma reorganização no fluxo dos atendimentos e o reabastecimento de materiais e medicamentos. Ainda existem muitos problemas para serem solucionados, porém a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a nova administração do hospital vêm trabalhando para resolvê-los", afirmou o secretário adjunto de Gestão Hospitalar, Cassiano Falleiros.

De acordo com o farmacêutico responsável do Hospital Regional de Sinop, Augusto Vinícius Del Santoro, o Instituto Gerir, que assumiu a administração, implantou novos procedimentos que trazem mais segurança para todos. "Acredito que a farmácia é o coração do hospital, e nosso setor está em constante mudança melhorando a cada dia. Nosso estoque de medicamentos já está mais abastecido, nós tivemos avanços na nossa infraestrutura e a implantação de novas metodologias de organização que vieram para melhorar nossa rotina e isso com certeza reflete no melhor atendimento ao paciente, além do novo sistema online essencial na dispensação e controle de tudo que fazemos no nosso setor”, explicou.

Outro serviço que agrada a todos é o de nutrição. A secretária da administração, Gabriela Vieira de Almeida, afirma que o Hospital Regional de Sinop passou e passa por muitas mudanças. "Visualizo uma significativa melhora desde o início da nova gestão, na organização, práticas e metas. Entendo que esse período de transição e adequação implica na superação de muitos contratempos, no entanto, acredito que o Hospital tem potencial e que trará muitas outras mudanças positivas além das que já se encontram em prática, consequentemente proporcionando o atendimento de qualidade que a população merece".

Engenharias clínica e infraestrutura

Dentro do ambiente hospitalar, observam-se diferentes indicadores que medem a qualidade da assistência e auxiliam na definição de metas para a melhoria contínua dos serviços. O papel de analisar indicadores e planejar as melhorias é das engenharias hospitalares. No Hospital Regional de Sinop, os setores de engenharia clínica e de infraestrutura já trabalham nas readequações do refeitório, diagnóstico de infraestrutura, levantamento e manutenção corretiva e preventiva de equipamentos médico-hospitalares, regulação de ar comprimido, essencial na assistência ao paciente, e manutenção e limpeza nos aparelhos de climatização.

Perfil atual do Hospital

Hoje o Hospital Regional de Sinop atende com o perfil “porta regulada”, ou seja, o paciente é atendido primeiramente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de seu município e se a equipe médica da unidade avaliar que é necessária a transferência, é feita uma comunicação entre médicos para checar a disponibilidade da vaga e se a especialidade é atendida. Não havendo vagas ou o atendimento necessário para o paciente, o médico assistente da UPA entra em contato com o médico regulador do Estado. O hospital atende o encaminhamento prévio apenas para os casos de urgência e emergência de pacientes trazidos pelo Corpo de Bombeiros e a concessionária Rota do Oeste.

Quanto às especialidades, o Hospital oferece clínica médica, clínica cirúrgica geral, clínica ortopédica e traumatologia, além de ofertar Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT), neurocirurgia, nefrologia, serviço de hemodiálise, radiologista, serviço de imagem tomografia RX, ultrassonografia e ecocardiograma, infectologista, proctologista, endoscopia e colonoscopia.

 



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS