04 de Abril de 2020,

Cidades

A | A

Sábado, 22 de Fevereiro de 2020, 16h:51 | Atualizado:

ALAGAMENTO

Temporal transforma avenidas de Cuiabá em "rio"; veja fotos e vídeos


Da Redação

chuvas.jpg

 

A forte chuva que caiu na tarde deste sábado (22) deixou vários pontos de Cuiabá completamente alagados. Na Avenida da Prainha, os carros ficaram submersos as águas.

A região do Shopping Popular foi uma das mais afetadas. Vídeos mostram as pessoas desesperadas com carros que passam pela via no meio do temporal. 

Na Fernando Corrêa da Costa, o grande volume de águas fez com que o trânsito ficasse lento. Vídeos e imagens mostram os estragos deixados pelas chuvas.

Em um dos vídeos divulgados é possível ver um Fox Prata sendo arrastado pelas águas. O motorista parece tentar sair da via, mas não consegue e é “carregado” pela enxurrada. Um rapaz ao ver dificuldade do motorista, empurra o carro até um outro local mais seguro.

Já em outro ponto, na Avenida Isaac Póvoas, ás aguas parecem “levar” tudo que acham pela frente. Uma correnteza fortíssima é vista em toda via. Um carro e uma moto que estavam no local param em uma outra esquina, em uma rua paralela a esta avenida.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), até o momento ainda não foram registradas nenhuma ocorrência séria, apenas alguns danos materiais. 

Um deles ocorreu na Caixa Econômica Federal (CEF) da Prainha, que ficou parcialmente alagada. A mesma situação aconteceu em uma residência no bairro Dom Aquino e uma outra no bairro Marechal Deodoro. Todos os casos são atendidos pelos militares.

Nenhuma queda de árvore ou outro tipo de destruição semelhante foi registrado. Vale lembrar que as chuvas começaram desde o final da tarde desta sexta-feira (21) e, em muitas regiões, parou por pouco tempo.

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil seguem em alerta e atendem os incidentes.

 

 

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • eleitor cuiabano | Sábado, 22 de Fevereiro de 2020, 17h26
    2
    0

    Misael, arruma essa parada de enchente do camelô . . .k k k k k k k

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS