15 de Junho de 2019,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

Trincheira da Jurumirim começa a ser asfaltada

A maior obra em extensão construída na Avenida Miguel Sutil, a trincheira Jurumirim/Trabalhadores, prossegue com a finalização dos serviços de pavimentação no interior da estrutura. Com 960 metros de comprimento, a “trincheirona”, como é popularmente conhecida, já tem mais da metade das pistas internas cobertas pela camada de pavimento.

Camadas de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) , tipo de massa asfáltica aconselhada para pavimentar rodovias e ruas de tráfego mais intenso, foram aplicadas à pista interna e, antes de concluir a atividade, também recobrirão as rotas externas da trincheira.

Nas vias marginais da trincheira Jurumirim os trabalhos continuam. Uma das vias laterais já passou pelo processo de revestimento asfáltico realizado no interior da obra, enquanto a outra está sendo preparada para receber a pavimentação.

A instalação do New Jersey, barreira de concreto que instalada na região central funciona como divisor de pista e na lateral como barreira de segurança, foi concluída do viaduto da Miguel Sutil/CPA até a saída da trincheira, na Avenida Trabalhadores.

Trabalhos de acabamento também foram iniciados com a limpeza da obra e o tratamento nas paredes das cortinas da estrutura. Na sequência será iniciada a implantação da sinalização vertical e horizontal das pistas, em consonância com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e as diretrizes da Política Nacional de Trânsito.

Depois de pronta, o motorista que vier de Várzea Grande, região metropolitana, poderá seguir o trajeto até a trincheira Jurumirim/Trabalhadores em fluxo contínuo ao adotar o caminho pelo viaduto Dom Orlando Chaves, trincheira Verdão, trincheira Santa Rosa, viaduto Despraiado para, enfim, fazer o “mergulho” na grande trincheira.

Também sob a responsabilidade do Consórcio Sobelltar, está em andamento o serviço de recapeamento asfáltico em um trecho da avenida Miguel Sutil. A atividade está inclusa no projeto como subtrecho e é executada entre os viadutos da Rodoviária e da avenida do CPA com a circulação de veículos em meia pista. A previsão é que o recapeamento em uma das pistas seja concluído em sete dias.

Obra - Com 960 metros de extensão, a maior de todas as trincheiras em execução abrangerá o trecho um pouco antes da Avenida dos Trabalhadores (Av. Dante de Oliveira) até depois do cruzamento da Avenida Jurumirim (av. Gonçalo Antunes de Barros), próximo ao viaduto da Avenida do CPA. A obra integra o pacote de intervenções de travessia urbana, resultado de um convênio entre Governo do Estado e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS