15 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2018, 17h:00 | Atualizado:

Vereador diz que é ‘ganância’ retirar gratuidade dos idosos em Cuiabá

O vereador Dilemário Alencar (PROS) classificou como ‘maldade e ganância dos empresários do transporte coletivo de Cuiabá’ a atitude deles ajuizarem ação para suspender o direito dos idosos de 60 a 64 anos circularem de forma gratuita nos ônibus do município. No caso das pessoas de 65 anos acima, a Constituição Federal já assegura a gratuidade.

O Tribunal de Justiça atendeu pleito dos empresários ao julgar que a Lei Municipal 4.669/2004, que concedia o passe livre aos idosos na faixa etária de 60 a 64 anos, tem vício de iniciativa, pois a sua autoria não poderia ser do Legislativo Municipal, mas, do chefe do Executivo Municipal.

"Eu fico impressionado com essa atitude dos empresários do transporte coletivo. É muita ganância e maldade mexerem com os idosos, que na maioria é carente, ganha um salário mínimo. A gratuidade era uma forma de possibilitar ao idoso visitar um filho, um neto, ir aos centros de convivências de idosos ou fazer um passeio”, disse o vereador Dilemário.

A lei do “passe livre” aos idosos vigorava há 14 anos. É de autoria do ex-vereador Caio Cesar e foi sancionada pelo ex-prefeito Roberto França. O vereador Dilemário lembrou que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) prometeu encaminhar, nesta quinta-feira à Câmara Municipal, um projeto de lei para assegurar o direito ao “passe livre” aos idosos. Entretanto, isso não ocorreu.

“Estou usando a tribuna da Câmara para cobrar do prefeito que mande um novo Projeto de Lei o mais urgente possível para reestabelecer esse benefício social aos idosos. Não podemos aceitar que prevaleça a vontade dos empresários que lucram milhões. Basta de tanta ganância”, afirma o vereador.

“É preciso também lembrar que a Prefeitura deve realizar o mais urgente possível uma licitação para melhorar o transporte coletivo da nossa cidade que é caro, de péssima qualidade, sem acessibilidade e com ônibus velhos que quebram no itinerário”, pontuou o vereador Dilemário.

 



Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • armando do nascimento | Sábado, 17 de Fevereiro de 2018, 04h34
    0
    0

    ESSES VEREADORES CABRA SAFADO ELEITOS também com o voto dos velhinhos por que não fazem nada pra defendê-los?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS