08 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 20h:13 | Atualizado:

NEGLIGÊNCIA NA PANDEMIA

VG chega a 11ª morte por Covid; paciente teve UTI negada

Mesmo com todos sintomas, Central de Regulação informou que só disponibilizaria leito com confirmação para o novo coronavírus

utis.jpg

 

Várzea Grande chegou ao 11º óbito pelo novo coronavírus. A vítima é Antônia Antunes, 81, moradora do bairro Costa Verde.

A paciente era diabética e deu entrada na UPA Ipase, no dia 24 de maio com fraqueza, cianose, hipocorada, sonolenta, hiperglicemia, esforço respiratório, hiportermia, apática, extremidades frias.

Quadro evoluiu para piora no dia 25 de maio e mesmo com avaliação clínica para Covid 19, com quadro gravíssimo e solicitação para UTI, foi recusada pela Central de Regulação, por não ter exame que confirmasse a doença, o que só aconteceu na data de hoje, 29 de maio, três dias após o óbito.

O Comitê de Enfrentamento e a Secretaria Municipal de Saúde informou ainda que a recusa no atendimento a uma paciente do município não é “inédita”. No dia de 25 de maio, com a paciente Maria Dorotéia Mendes morreu na mesma situação. Ela foi recusada pela Central de Regulação, por não ter exame confirmando o Covid 19, apenas avaliação clínica. O PCR que confirmou a doença da referida paciente saiu no dia 28 de maio.

ESTADO

Com a morte da paciente, já são 58 as mortes por Covid no Estado. Os casos confirmados já são 2.262.

PREVENÇÃO 

As autoridades municipais recomendam as medidas de isolamento social e trabalho em Home Office para evitar a disseminação do novo coronavírus.  Quem precisa sair é recomendada medidas de segurança, como distância de 1,5 metro entre as pessoas, uso de máscaras, luvas quando necessárias e meios de higienização rigorosos, apontando que as pessoas tem como ajudar as autoridades públicas nos efeitos da pandemia mantendo as regras e o isolamento.

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Covid no Biroliro | Sábado, 30 de Maio de 2020, 16h31
    0
    0

    Esse Marco Maciel de Abreu parece que está disposto a acelerar a morte seus familiares idosos acima de 65 anos portadores de alguma morbidade.Talvez seja mais um desses negacionista da ciência que apareceram junto com nosso "Capetão Bolsonaro".

  • Covid no Biroliro | Sábado, 30 de Maio de 2020, 11h58
    2
    0

    Essa turma de terraplanistas que governa o município deveria ser denunciado, julgado e condenado por genocídio. Enquanto o mundo todo estava em isolamento social o município "liberou geral" apenas para agradar seus financiadores de campanha.

  • Marco Maciel de Abreu | Sábado, 30 de Maio de 2020, 11h32
    0
    1

    Essa imprensa radical de MT, precisa de parar de jogar culpa nas autoridades civis, (Prefeitos,Governador, Secretários de Sáude Estadual e Municipal), por morte de pessoas pelo COVID 19.Pois 90% de pessoas que morrem pelo COVID 19 são velhos (idosos acima de 65 anos), já possuidores de outras doenças de alta morbidade, como diabetica, pressão alta, problemas cardiacos, respiratorios, obsesidade, cancer e outras doenças, que irão leva-los a morte agora, ou em breve tempo. O COVID 19 apenas acelerou a sua morte. Essas pessoas tambem tem que ter RESPONSABILIDADE de se resguardar, e não ficar dando sopa para o VIRUS. Tem gente que siquer quer usar mascara, ai reclama que pegou o virus.

  • Heitor Reyes | Sábado, 30 de Maio de 2020, 09h38
    0
    0

    Como assim kd as UTIS do hospital metropolitano... Como a palavra o Governador Mauro Mente

  • Heitor Reyes | Sábado, 30 de Maio de 2020, 09h19
    0
    0

    Aonde esta as UTIs do hospital metropolitano, com a palavra o governador Mauro Mente. Kd os vereadores Abílio, Wellaton, Diego , Dilemario kd este povo !!! É hospital metropolitano pode ser fiscalizado por eles.. este povo só quer pensar em política... trabalhem para o povo não para puxar saco... Isso é uma vergonha.

  • Revoltante | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 21h52
    20
    3

    Infelizmente Sera essa rotina daqui para frente.....o prefeito é o secretário de saúde dessa cidade soltou todos nas ruas sem era nem bera ....confiando mais uma vez que o Estado e Cuiabá iriam assumir a responsabilidade que cabe a eles fazerem. Cuidar e tratar dos seus munícipes! Agora o povo tem 2 opções: ou se isolam por conta própria para não morrer, ou cobram dos dois imediatamente leitos, UTI, medicação.....etc..para continuarem a vida normal como esta.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS