25 de Junho de 2019,

Cultura

A | A

Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 11h:38 | Atualizado:

RITA DE CÁSSIA

Devotos comemoram dia de santa em Cuiabá


Gazeta Digital

rita.jpg

 

Nesta quarta-feira (22), data em que se comemora o Dia de Santa Rita de Cássia, a Capela Santa Rita, no Centro de Cuiabá, será palco de mais uma festa em honra à monja agostiniana italiana, beatificada em 1627. Em sua 15ª edição, o evento deve reunir cerca de 5 mil fieis na promagração festiva realizada durante todo o dia.

As festividades têm início às 12h, com missa na Capela Santa Rita - Memória Festiva - 300 anos de Bençãos. Às 18h ocorrerá a Procissão, com saída da Capela em direção ao Asilo Santa Rita, onde também será celebrada missa em homenagem à religiosa, às 19h. 

O tradicional jantar beneficente será servido a partir das 20h30 e o convite, no valor de R$ 15, pode ser adquirido na sede da Igreja. "Também será oferecida a opção de marmitex para os fieis que preferirem levar o jantar para casa", explica o Rei desta edição, Emerson Toledo de Santana.

De acordo com ele, o valor arrecadado com a venda de cartões para o jantar será destinado parte ao Projeto Casa Feliz, que funciona no Asilo Santa Rita e atende cerca de 38 meninas internas, e a outra parte para  benfeitorias e custeio da Capela Santa Rita. 

Sob a coordenação do Rei e da Rainha Beia Herane Correa, os trabalhos vêm sendo realizados há semanas, com auxilio de festeiros, voluntários,  devotos e comunidade, e traz o tema Santa Rita, derrame bênçãos em Cuiabá pelos 300 anos de história.

No dia 13 de maio a comunidade niciou  a novena de Santa Rita, ou seja, nove dias de missa festiva ao meio dia, que antecede a grande Festa de hoje. Integra, ainda, como parte da festa, a comemoração dos 129 Anos do Asilo Santa Rita, fundado em 29 de abril de 1892, localizado na Rua Joaquim Murtinho, 899, centro de Cuiabá. Hoje o local abriga aproximadamente 38 meninas com idade de 6 a 12 anos, filhas de famílias carentes de Cuiabá e Várzea Grande.

A história A história da Capela Santa Rita passou por importantes momentos, como a sua restauração em 2000. Situada num espaço outrora consagrado à missão de formação de meninas em Cuiabá, que tem como modelo Santa Rita de Cássia, a Capela encontrava-se desativada havia muitos anos. Com essa iniciativa de restauração,  deram início a um projeto de revitalização da Capela, tornando-a um ponto abençoado da capital, que tem ajudado muitas pessoas que procuram por suas atividades e orações.  

Em 2006, a comunidae assumiu uma obra social voltada para crianças. A partir de então, o Asilo Santa Rita foi abraçado em toda sua plenitude, passando a ser uma extensão da Capela. De início, a proposta de uma reforma na sede do Asilo que possibilitaria mais atividades para as alunas da instituição, de famílias de baixa renda que à época viviam na instituição durante a semana e retornavam aos seus lares nos finais de semana. "Nascia com isso, o Projeto Casa Feliz, com objetivo de adequar a casa aos tempos modernos, passando pela definição dos variados ambientes, tais como: home, sala de computação, duas capelas internas, sala de ginástica, sala de trabalhos manuais, sala de leituras, readequação dos dormitórios, reforma de toda instalação elétrica, dos banheiros, do refeitório, e da área externa", explica Emerson. Além disso, foi instalado um Memorial com objetos que contam a história dessa importante instituição. 

O Asilo foi reuninaugurado em 22 de novembro de 2007 e, a partir daí, as festas da Capela Santa Rita, que até então aconteciam na rua Travessa Dom Bosco, esquina com a Rua 13 de Junho, passaram a ser realizadas neste espaço, com capacidade para público de até cinco mil pessoas.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS