19 de Agosto de 2019,

Cultura

A | A

Sábado, 20 de Julho de 2019, 10h:31 | Atualizado:

Escolas fecham semestre com atividades culturais e festas tradicionais

Festas e atividades culturais marcaram os meses de junho e julho em várias escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso. O destaque ficou por conta das festas juninas e julinas que, muito mais que um momento de diversão, trouxe a comunidade escolar para dentro do pátio, numa interação fundamental para o funcionamento das unidades escolares.

A Escola Estadual Educação Especial Luz do Saber, localizada em Várzea Grande, caprichou no arraiá. A festa, que reuniu a comunidade escolar ocorreu no dia 6 de julho e foi regada de muita alegria e comidas típicas.

Segundo a diretora Jane Cristina Ignotti, a festa iniciou com um delicioso café da manhã e, posteriormente, passou para as apresentações da dança de quadrilha e da dança da saia.

“Procuramos envolver alunos, pais e familiares no ambiente escolar, tendo como objetivo, além da interação família e escola, trabalhar o pedagógico com os deficientes físicos nas suas diferentes especificidades”, contou.

Conforme a diretora, a escola, criada há 17 anos, vem realizando seu trabalho com excelência, atendendo crianças e adolescentes com deficiências, em período integral.

Festival de Quadrilhas

Em Aripuanã (1.002 km de Cuiabá) as duas Escolas Estaduais - São Francisco de Assis e Elídio Murcelli Filho – foram destaques no 2º Festival de Quadrilhas da cidade, que ocorre anualmente com o objetivo de preservar e difundir a tradição das festas juninas.

No evento, ocorrido nos dias 28 e 29 de junho, as escolas foram premiadas nas três categorias, divididas por faixa etária – alunos acima de 15 anos, de 10 a 14 anos e de seis a nove anos. Além da premiação em dinheiro, as unidades receberam troféus como forma de reconhecimento ao mérito pelo espetáculo que proporcionaram pelo segundo ano consecutivo.

Tema da DRC

Na EE José Gentil da Silva, do município de Figueirópolis D’Oeste (406 km de Cuiabá), a festa junina foi tema para implementação do Documento de Referência Curricular de Mato Grosso (DRC-MT).

“Os profissionais da educação utilizaram a metodologia ativa por projeto para desenvolver a temática festa junina. A união entre teoria e prática contribuíram para o desenvolvimento da aprendizagem”, explicou a coordenadora pedagógica, Silmara Carina Garcia Dias.

Ela ressaltou que as atividades desenvolvidas em sala de aula levaram os alunos a conhecer a tradição cultural e digital, pois ao utilizar a metodologia sala invertida, o educando realizava pesquisa sobre a história da festa junina e todos os elementos que a compõem.

A diretora da escola, Silvana Marques de Aquino, avaliou como positiva a iniciativa. “A diversão e a aprendizagem caminharam juntas, com foco no desenvolvimento das habilidades dos nossos discentes”, comemorou.

Meninos do Futuro

A quadra poliesportiva do Centro de Atendimento Socioeducativo virou palco de uma divertida festa junina para os adolescentes internados nas unidades de Cuiabá – Internação masculina e feminina e Provisório masculino e feminino - e estudam na Escola Estadual Meninos do Futuro.

Os adolescentes apreendidos participaram da festa que ainda teve a presença de familiares. O evento ocorreu, no dia 12 de junho. Na programação, houve a apresentação de danças típicas feitas pelos estudantes. Aos participantes, foram servidos doces típicos juninos com refrigerantes e um delicioso almoço.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS