19 de Agosto de 2019,

Cultura

A | A

Domingo, 21 de Julho de 2019, 18h:39 | Atualizado:

MUDANÇA NO INSTA

Influenciadores de Cuiabá comentam retirada dos "likes" no Instagram


Gazeta Digital

influenciadores

 

Assim como usuários de todo Brasil, blogueiras e influenciadores digitais de Cuiabá, também foram surpreendidos com a nova atualização do Instagram que retirou, nesta semana, a exibição das curtidas em fotos e vídeos compartilhadas na rede social.

O GD conversou com algumas personalidades da plataforma que comentaram os reflexos da atualização. Segundo a influenciadora e radialista Darling Rodrigues, a mudança incentiva que utilizadores produzam postagens de credibilidade independe dos resultados. "Eu achei excelente, nesse meio dos influenciadores digitais, eu via que um queria aparecer mais com o outro. Agora não tem isso, você tem que realmente produzir conteúdo bom mesmo, independente de likes”, disse.

Ela destaca ainda que as curtidas acarretavam uma “concorrência desleal”, já que alguns usuários compravam seguidores para alcançar números exorbitantes nas fotos. “Eu achei massa, mas ainda pode melhorar mais. Acho que o Instagram também deveria derrubar essas pessoas, assim como comprava likes”, complementou.

Popular por compartilhar publicações humoradas, o K-beça Pensante, reforça a afirmação de que as curtidas agora serão reflexo de um conteúdo bem produzido e defende que a novidade possa se estender para outras plataformas. “Pra quem tem o costume de comprar curtidas foi horrível, agora para quem posta conteúdo próprio e cria as coisas, preocupa em criar um conteúdo de qualidade, a quantidade de curtida é irrelevante. A tendência é que isso se expanda para outras redes sociais”, afirma.

Já para o blogueiro Luan Zanol, a medida exige agora mais criatividade dos influenciadores digitais que buscam ter um bom engajamento. Ele esclarece ainda que a atualização impacta também na maneira que o público vai avaliar o que compartilhado. “A era de postar foto bonita por curtida acabou. Avaliar um blogueiro por curtida é o mesmo que julgar um livro pela capa, será um grande desafio, mas irá valorizar quem realmente tem conteúdo de verdade”, pontua.

A frente do Instragram, “Marido Mão Vaca”, Monise Magalhães analisa que a mudança pode abrir novos horizontes comercialmente. Segundo a blogueira, empresários e parceiros poderão julgar o material pela qualidade ao invés do volume de reações alcançadas no que está sendo exposto. “As empresas pedem números em relação ao engajamento de modo geral e as impressões. Espero realmente que os seguidores consigam realmente manter o foco na foto ao invés de likes e seguidores e que as empresas comecem a pensar assim, ao invés de pensar só em números”, afirmou.

Popular em todo país por suas peculiaridades humorísticas, o digital influencer Thiago Salles de Almeida, mais conhecido como Gato Louco, afirma que a atitude do Instagram encerra contendas pelo “quem tem mais like” entre os usuários. “Eu acho legal tirar as curtidas, acho bacana. Antigamente era muita disputa por tinha mais like, quem tinha mais comentários, quem tinha mais visualização”, ilustra.

De acordo com o Instagram, a mudança ocorre após um um estudo da Sociedade Real para a Saúde Pública, realizado em 2017, que apontou a plataforma como a pior rede social para o bem-estar e a saúde mental de adolescentes.

Ao considerar que a atualização melhora a qualidade de vida do usuário, a digital planner e especialista em redes sociais, Jenifer Regina Telles, comenta que no caso dos influenciadores digitais, a atualização cria a exigência de postagens mais elaboradas para alcançar bons resultados. “Para os digital influencers a mudança virá na qualidade do conteúdo, já que o número de curtidas não vai servir como métrica, os influencers vão precisar criar conteúdo relevante e que engaje os seus seguidores”, finaliza.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dona Aureliana aposentada | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 10h21
    1
    0

    Influenciadores?! como assim siminina? aqui em casa ieu só sigo jesus e ainda assim meio de longe num tem?

  • Andé | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 09h22
    1
    0

    eu sigo é o evangelho de Jesus,para os ensinamentos eu dou valor e não essas baboseiras de influenciador digital,na minha cabeça não deixo esse tipo de coisa entrar,para mim não faz a minima diferença.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS