22 de Julho de 2019,

Cultura

A | A

Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 08h:28 | Atualizado:

Orquestra Sinfônica da UFMT une clássicos do rock e o erudito em espetáculo

A música erudita apresenta infinitas possibilidades de composições e arranjos. Com a proposta de combinar clássicos do rock’n’roll com instrumentos da música clássica, a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realiza neste domingo (14), às 20h, no Teatro Universitário, o evento “Do Erudito ao Pop”. Além da apresentação musical, o concerto terá iluminação cênica e exibição de clipes de obras mundiais do universo pop.

Assim como o rock n’ roll, a música clássica abrange diversos estilos, gêneros e formas musicais. Por este motivo, o repertório da Orquestra passeará por obras de Wolfgang Amadeus Mozart e Jules Massenet a bandas como Queen, Led Zeppelin, Metallica e Nirvana. Segundo o diretor artístico da apresentação, o violinista Yllen Almeida, “para completar a noite, uma surpresa com um dos maiores cantores mundiais fará parte do espetáculo”, afirmou.

A intenção do concerto é mostrar ao público que uma orquestra sinfônica pode executar a fusão entre diferentes ritmos e proporcionar o encontro de músicas eruditas e populares. Para Yllen Almeida, essa ideia promove mais versatilidade sobre o que é produzido pela Orquestra, mostrando que a música de concerto pode alcançar diferentes públicos. “A Sinfônica da UFMT preza em mostrar a cultura a quem não teve oportunidade de acesso a este conhecimento. A melhor maneira de fazer isso é trazê-los através de um estilo que agrade com mais facilidade as pessoas”, disse.

Os ingressos para o evento já estão se esgotando. A compra deve ser feita exclusivamente na Casa de Festas e custam R$30 (inteira) e R$15 (meia entrada). Os organizadores lembram que o público também pode contribuir com o projeto “Inclusão Literária”, do produtor cultural Clovis Matos, doando um livro de qualquer gênero, a ser entregue antes da apresentação.

O espetáculo integra a agenda Cuiabá Tricentenária Itinerante, promovida pela Pró-reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev) e a regência e direção artística da Orquestra é de Fabricio Carvalho.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS