13 de Novembro de 2019,

Cultura

A | A

Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 18h:46 | Atualizado:

CULTURA

Rua do Rasqueado será na praça da Mandioca

ruadorasqueado.jpg

 


 

Nesta quinta-feira (12), acontece o quarto evento da “Rua do Rasqueado”, desta vez na praça da Mandioca, no Centro Histórico de Cuiabá. Na programação da semana está a banda Real Som e o cantor Dito Saca rolha, além de uma performance inspirada em Silva Freire da artista plástica, Halbina dos Santos. O evento é gratuito, das 18h às 22h.

A “Rua do Rasqueado – Cuiabá 300 anos” foi aprovada em edital FUNDO/2019 na categoria música. O projeto conta com 12 eventos, sempre às quintas-feiras, que serão distribuídos em praças pelo Centro Histórico de Cuiabá, sempre gratuitos.

O evento será dividido em blocos de lambadinha, lambadão e rasqueado, além de um quadro de Clássicos Mundiais, que de acordo com Guapo, será o momento das canções e artistas que marcaram época, como Beatles, Frank Sinatra entre outros.

A banda Scort Som foi a convidada para abrir o projeto no último dia 22 de agosto, mas a cada quinta-feira a programação se faz nova e abre-se espaço para novos e consagrados talentos da música autoral em Cuiabá. Na segunda semana do projeto, quem subiu aos palcos no Centro Histórico foi a banda Signos e o cantor Roberto Lucialdo. Já na terceira semana foi dia de comemorar o aniversário do realizador do projeto, o Guapo com apresentação da banda Loop e convidados.

O projeto “Rua do Rasqueado” é o primeiro dentre os 51 projetos aprovados no edital FUNDO/2019 a ser executado. A Secretaria de Cultura publicou no último dia 09 de agosto o cronograma de desembolso em que se definiu para o mês de agosto o pagamento dos projetos de música e artes visuais para projetos coletivos. O cronograma será tratado como prioridade pela Secretaria de Cultura e também pela Secretaria de Fazenda, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Ele segue até novembro, totalizando R$ 2,1 milhões em investimento em cultura na capital mato-grossense.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS