17 de Agosto de 2019,

Curiosidades

A | A

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2014, 18h:51 | Atualizado:

FALTA DE PAGAMENTO

Camarote de Ronaldinho Gaúcho é embargado

camarote_ronaldinho_ondina_salvador_ba-001.jpg

 

O camarote de Ronaldinho Gaúcho em Ondina, Salvador, foi embargado nesta sexta-feira, 28, por falta de pagamento. A Sucom, superintêndencia de controle e ordenamento do uso do solo do município, lacrou o espaço por falta de pagamento de algumas taxas que deveriam ser feitas à Prefeitura de Salvador. "Algumas taxas deveriam ter sido pagas para a liberação do espaço, e até agora a comprovação desses pagamentos não foram feitas. Assim que ocorrer, o camarote será liberado", informou ao EGO a assessoria de imprensa da Sucom.

O camarote R10 pediu autorização para iniciar suas atividades nesta sexta-feira, 28, e funcionar até o domingo, 2,  e deveria receber nomes como o técnico da Seleção Brasileira, Felipão, o goleiro Júlio César, Daniel Silva, e Parreira, entre outros. O espaço - com 2.000m² - seria animado por shows de Jorge Vercillo, Seu Jorge, Thiaguinho e do grupo Revelação.

O espaço já havia tido problemas na quarta-feira, 26, quando fornecedores, pessoal do buffet e outros serviços cruzaram os braços por falta de pagamento da empresa Odó Produções, que foi contratada para gerir o local. O camarote de Ronaldinho Gaúcho fica localizado no Apart-hotel Atlantic Tower, em Ondina, espaço ocupado por Claudia Leitte em 2013.

'Taxa já está sendo paga'

Procurado pelo EGO, a assessoria do jogador disse que só deve uma taxa, mas que a mesma já estaria sendo paga, e que o funcionamento do camarote está garantido. "Tivemos problemas com uma taxa relâmpago que a prefeitura critou. Ela tem que ser paga hoje até às 20h, e já estamos fazendo isso. Estamos pagando agora. Vamos abrir e a programação do camarote está mantida", disse David Lima, da assessoria do jogador, e complementando ainda que Ronaldinho chega a Salvador no sábado, 1º, depois de ser liberado pelo Atlético Mineiro.

Nota da Sucom

"O Camarote de Ronaldinho, localizado em Ondina, acaba de ser embargado por fiscais da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), por não ter pago as taxas devidas para a instalação do camarote e exploração da atividade durante o carnaval. O embargo só poderá ser revertido após a quitação da dívida."

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS