23 de Abril de 2019,

Curiosidades

A | A

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 14h:15 | Atualizado:

AO VIVO

Datena chora morte de Boechat

boechat (1).jpg

 

Eram 13h55 desta segunda-feira (11) quando José Luiz Daneta entrou no ar, em edição extraordinária do Brasil Urgente, para informar a morte do jornalista Ricardo Boechat.

O âncora do Jornal da Band e da rádio Band News estava a bordo de um helicóptero que o trazia de Campinas (SP), onde havia participado de um evento.

A aeronave tinha como destino o heliponto da Band, na zona sul da capital paulista.

“Com profundo pesar, nesses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, pai de família e companheiro Ricardo Boechat morreu hoje”, disse Daneta, chorando muito, com os olhos inchados.

“Na última quarta-feira, eu fingi que ia cochichar algo e dei um beijo no rosto dele”, contou o apresentador. “Eu jamais pensei que fosse dar essa informação.”

Nascido em Buenos Aires, na Argentina, em 13 de julho de 1952, Boechat construiu sua carreira em jornais de prestígio como o Diário de Notícias e O Globo.

Tornou-se nacionalmente conhecido no Bom Dia Brasil, da TV Globo, onde fazia uma coluna. 

Em 2006, assumiu a bancada do Jornal da Band e passou a ser reconhecido como um dos mais importantes e combativos âncoras da televisão brasileira.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS