13 de Julho de 2020,

Curiosidades

A | A

Domingo, 07 de Junho de 2020, 02h:39 | Atualizado:

Ex-cozinheira detona Fátima Bernardes e William Bonner

William Bonner e Fátima Bernardes foram detonados pela cozinheira Léa Silva, que trabalhou com os jornalistas quando eles ainda eram casados. Tia Léa, como é conhecida no Morro do Vidigal, onde atualmente possui um restaurante, reagiu à entrevista que Fátima fez no 'Encontro' com Mirtes Renata Souza, mãe do menino Miguel, que acabou morrendo por ter sido deixado sozinho no elevador pela patroa Sarí. Para Léa, que fez um desabafo nas redes sociais, o choro de Fátima "soou falso" e ela ainda se mostrou sentida por conta de grosserias que Bonner teria feito com ela.

"Vendo a Fátima entrevistar a mãe do Miguel, vi ela chorando, fazendo caras e bocas... Fiquei aqui pensando: será que ela lembra que eu, que era cozinheira dela, salvei o filho dela de ser queimado? Acho que ela não lembra. Podia ter deixado o garoto se queimar todo. Pelo contrário, só recebi desaforo do marido dela. Ele se viu ofendido, achou que eu chamei o filho dele de cachorro porque eu pedi pra colocar uma portinhola na cozinha. Então eu, a pessoa que é preta, podia ter deixado o filho da patroa se ferrar, mas não. Eu atravessei na frente da panela pro Vinícius não se queimar", lembrou a cozinheira.

Dona Léa também disse que resolveu fazer o desabafo por achar que o choro de Fátima ao vivo não era verdadeiro. "Hoje eu vendo o Vinícius já um homem, adulto, fico olhando pra cara dele e falo: ‘Bonito... Podia estar todo queimado’. Uma pena que seus pais não deram valor para o que eu fiz. Aí vi você chorando, lembrei disso. Soou um pouco falso", finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS