07 de Julho de 2020,

Artigos

Economia

A | A

Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 20h:07 | Atualizado:

70 DESEMPREGADOS

Churrascaria chique alega "incerteza econômica" e fecha em Cuiabá

Em 9 meses de atividades em Cuiabá, Favo de Mel se envolveu em episódios polêmicos; 70 perdem emprego


Da Redação

favodemel1.jpg

 

A Churrascaria Favo de Mel anunciou nas redes sociais que está encerrando suas atividades em Cuiabá. A rede de churrascaria, que tem como sócio o cantor Marrone, foi inaugurada na Capital em agosto de 2019 e se envolveu em episódios polêmicos em pouco mais de nove meses de operação.

A churrascaria operava desde março no sistema delivery em virtude da pandemia do novo coronavírus. Na próxima semana, assim como outros restaurantes e bares de Cuiabá, estava prevista a reabertura do estabelecimento para receber clientes, cumprindo as normas de biossegurança para evitar a disseminação da doença.

Contudo, a churrascaria anunciou o encerramento das atividades, pegando boa parte dos clientes de surpresa. Isso porque, até o fim de semana, a empresa vinha anunciando suas ofertas no sistema delivery.

O motivo, segundo comunicado nas redes sociais, são as “incertezas econômicas” que pairam sobre o país em virtude da pandemia, que reduziu as atividades de diversas empresas. “Reduzimos despesas e tivemos significativamente redução de nossas receitas. Sendo assim, não conseguimos encontrar motivação para continuarmos desempenhando com a mesma qualidade, diversão e alegria nossos trabalhos”, diz o texto da churrascaria.

A churrascaria também comentou que, neste curto espaço de tempo de atividades em Cuiabá, viveu polêmicas que “mancharam sua imagem”. A primeira surgiu no fim do ano passado – entre o Natal e Ano Novo -, quando dezenas de clientes relataram terem passado mal após se alimentarem no local.

Outro episódio que prejudicou a imagem do restaurante foi um vídeo de larvas saindo dos alimentos. “Passamos por momentos altos e baixos, vivenciando situações delicadas, às quais nunca fugimos das responsabilidades, buscando sempre fazer as devidas correções para poder oferecer sempre produtos e serviços de qualidade”, frisou.

A Favo de Mel afirmou que, com o fechamento, 70 colaboradores diretos ficam sem emprego. “Infelizmente, o grupo gestor decide encerrar as atividades da empresa em Cuiabá a partir de hoje”, decidiu.

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • arts | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 17h03
    0
    0

    churrascaria fraquinha igual a voz do dono....

  • Diogo Nogueira | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 08h14
    2
    6

    É o fim da picada, esses imbecis , ignorantes e idólatras de um jumento corrupto e mau caráter do miliciano do presidente, vir falar que a porcaria desse estabelecimento lixo fechou por causa do covid ou por causa do prefeito. Desde a inauguração o estabelecimento do fez cagada, literalmente, agora vem esses bolsopetistas z vagabundos, mau caráter e aproveitadores jogar a culpa nos outros. Esse é o problema desse desgoverno. O cara só faz coisa errada e não tem a hombridade de assumir, é um imbecil que está gerando o país pra salvar a família corrupta dele. O governo em mais de 70 nunca se pronunciou sobre a doença, a reunião que foi revelada mostra o quão cretino é esse cara, cercado por bandidos, milicianos e doentes mentais. Não tem um plano de recuperação da economia, estabelecimentos como esse fecharam tbm, pela covid, mas principalmente por uma inércia do governo que não foca na população, ele conseguiu prejudicar uma imagem já desgastada do país no exterior pelo pt, já já por causa da burrice e ignorância do burro do Bolsonaro e seus ministros imbecis parceiros comerciais do Brasil irão retaliar essas atrocidades eai eu quero ver, em quem ele vai colocar a culpa.

  • Vndo | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 06h01
    5
    0

    Fechou tarde, só vendia comida estragada e cara, Cuiabá não perde, não volta mais.

  • Mané | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 05h56
    7
    0

    Favo de Melda

  • J.José | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 05h12
    2
    3

    Usa o artigo da CLT e manda rescisões pro Emanuel. Nenel é humanista e tem 70% da população Cuiabana apoiando, Sqñ

  • Salete Osmar Cabral | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 00h31
    21
    2

    Aqui na marmitaria da Dona Jurema num tem coró na comida. Tudo é gostoso.

  • . | Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 00h14
    21
    1

    Chique aonde? Chique era a venda de um doce horroroso de bolacha Maria por 17,00 reais a fatia. Só sinto pelos 70 colaboradores que estão desempregados. Que a concorrência os realoque. Favo de Mel ... Tchau querida.

  • Amaral antunes | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 22h39
    14
    4

    A Favo de Larvas...as polemicas foram criadas por ela mesma....perdeu clientela que nhnca voltou....comer lá era um risco à saude, segundi relatos mostrados por ela mesma

  • Desemprego | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 22h28
    13
    17

    Parabéns Prefeito!! Fechou tudo bem antes da hora.... Vai falar prós 70 chefes de família que #fica em casa!! O dinheiro vai cair do céu... Depois tudo se recupera. Essa foi só uma das notíciadas... Vários outros estabelecimento fecharam graças ao prefeito !!

  • Brasil | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 21h41
    17
    13

    Essa crise desde o início está sendo gerenciada de forma errada e sem NENHUM CRITÉRIO, o prefeito de Cuiabá se sente um imperador,e com suas ações infantis e atabalhoadas,MTOS outros comércios fecharam e infelizmente MTOS trabalhadores ficarem sem empregos!

  • Léo | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 21h17
    15
    4

    Hum, tá bom!! Era questão de tempo.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS