07 de Julho de 2020,

Artigos

Economia

A | A

Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 15h:08 | Atualizado:

Cuiabá articula junto a Caixa apoio a micro e pequenas empresas

Para tentar socorrer os micro e pequenos empreendedores da capital neste momento de pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro, juntamente com o secretário de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho, se reuniu nesta segunda-feira (01), por videoconferência com superintendente da Caixa Econômica Federal para iniciar um diálogo em prol da recuperação do setor em Cuiabá.

“Como gestor tive que tomar medidas duras para conter a pandemia em Cuiabá. Fiz isso pensando na saúde e na vida das pessoas e faria de novo. Mas nunca deixei de olhar para a economia da cidade e agora que conseguimos achatar a curva do avanço do vírus, estou me reunindo para planejar a retomada gradativa com todos os setores econômicos. Essa parcela dos micro e pequenos está entre as mais afetadas e é por isso que chamei a Caixa Econômica para unir forças, para juntos encontrarmos uma forma de auxiliar essas pessoas que movem a cidade, gerando emprego e renda”, pontuou o prefeito de Cuiabá.

Por determinação do gestor municipal, a Secretaria de Fazenda, sob o comenda do secretário Antônio Roberto Possas de Carvalho estuda um plano de recuperação do segmento, que foi bastante prejudicado nestes quase 70 dias de isolamento social. Com base no estudo é que o prefeito saberá de que forma poderá auxiliar a classe, evitando demissões e dando suporte para uma retomada ao mercado.

O superintendente nacional da Caixa Econômica Federa, Guilherme Diogo Bauer se comprometeu a também estudar uma alternativa de como a Caixa pode auxiliar o setor, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá. Bauer se mostrou preocupado com a situação econômica do país de forma global, e que estamos passando por um momento bastante delicado.

Os gestores se encontraram novamente no dia 16 de junho, já com os estudos em mãos para discutir o planejamento das ações.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS