19 de Fevereiro de 2020,

Economia

A | A

Terça-Feira, 09 de Dezembro de 2014, 17h:14 | Atualizado:

Em quatro anos, motos no Brasil deverão ter ABS ou CBS

A partir de 2019, todas as motocicletas à venda no Brasil, fabricadas localmente ou importadas, deverão possuir sistema de freios com antitravamento (ABS) e/ou frenagem combinada das rodas (CBS).

A resolução do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) indica que todas as motos com cilindrada igual ou superior a 300 cm³ devem possuir ABS. As de cilindrada inferior podem ter ABS ou CBS. A implantação da obrigatoriedade será gradual, a exemplo do que aconteceu com os carros -- somente a partir deste ano todos passaram a sair de fábrica com o antitravamento, mas a legislação é de 2010.

O cronograma imposto pelo Denatran é o seguinte:

1º de janeiro de 2016 -- 10% da produção nacional/importação com ABS/CBS;

1º de janeiro de 2017 -- 30%

1º de janeiro de 2018 -- 60%

1º de janeiro de 2019 -- 100%

Como no caso dos carros, as fabricantes/importadoras podem "jogar" com os números enquanto a obrigatoriedade não for de 100%. Por exemplo, podem manter sua gama de motos populares sem os equipamentos, enquanto "calibram" a oferta de modelos importados com ABS para 30%. O "truque" desse exemplo pode ser adotado até o último dia de 2017.  

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS