21 de Outubro de 2019,

Economia

A | A

Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 11h:12 | Atualizado:

PATRIMÔNIO PRÓPRIO

Estado reduzirá locações e compará mais carros em 2020

Governo anunciou medidas para fortalecer setor automotivo

maurocarvalho-fenabrave.jpg

 

 

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, destacou as ações que estão sendo tomadas pelo Governo de Mato Grosso em prol do setor automotivo do Estado, de forma a garantir um ambiente favorável aos negócios e ao empreendedorismo em Mato Grosso.

Carvalho representou o Governo durante o Encontro Regional da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), ocorrido na última terça-feira (08).

O evento reuniu lojas distribuidoras de veículos novos, gestores, colaboradores, autoridades políticas e empresas fornecedoras de produtos, serviços e equipamentos para concessionárias da região

De acordo com o chefe da Casa Civil, uma das novidades que irá beneficiar não só o setor – mas a população como um todo – é a possibilidade de pagar com cartão de crédito as taxas obrigatórias do Detran, como a inspeção veicular e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), em até seis vezes sem juros.

Além disso, conforme Carvalho, boa parte dos serviços oferecidos pelo Detran já pode ser solicitado pela internet ou aplicativo. A intenção é aumentar essa gama de opções, de forma a garantir agilidade e eficiência ao contribuinte – e redução de despesas ao Governo.

“Estamos lançando nesses próximos dias um edital para começar a cadastrar as empresas para fazer as vistorias e as pessoas não terem mais necessidade de deslocar até o Detran”, afirmou.

Outra ação mencionada pelo chefe da Casa Civil foi a lei de reinstituição dos benefícios fiscais, que aprimorou e garantiu isonomia ao método de tributação, colocando o setor automotivo instalado em Mato Grosso em condições de competitividade com outros estados.

“Existia um diferencial muito grande de impostos em relação a Goiás, principalmente. A partir de agora a linha amarela [máquinas pesadas utilizadas principalmente na construção civil] passa ter a mesma competitividade de Goiás”, disse ele, que também agradeceu o apoio da Assembleia Legislativa para a aprovação do projeto.

Ainda de acordo com Carvalho, já em 2020 o Governo de Mato Grosso deve passar a investir mais em aquisição de veículos, reduzindo os contratos de locação.

“O governo deve caminhar dessa forma: adquirindo veículos junto com um bom contrato de manutenção, para que não aconteça o que a gente via, com muitos carros novos já sendo depredados. Precisamos ter carros com condições de serem usados pelos servidores públicos, para que ele possa fazer um bom trabalho à sociedade”.

Conforme o secretário, o fortalecimento do setor automotivo é fundamental para a economia do Estado.

“No primeiro semestre de 2018, a Fenebrave arrecadou de impostos R$ 280 milhões em impostos. Este ano já foram arrecadados R$ 300 milhões e deve fechar o ano com R$ 600 milhões. Isso significa que a economia do Estado vem se reerguendo e possibilitando o crescimento do setor”, destacou.

A Fenabrave

A Fenabrave-MT (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Mato Grosso) e o Sincodiv-MT (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado de Mato Grosso) são as entidades que representam a categoria da distribuição de veículos em Mato Grosso.

Estas duas entidades que atuam concomitamente, funcionando na mesma sede e com a mesma diretoria, reúne mais de 349 concessionárias de Automóveis, Caminhões, Implementos Rodoviários, Linha Agrícola, Linha Amarela, Motocicleta e Ônibus. São aproximadamente 7 mil funcionários envolvidos diretamente na rede de concessionárias.

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • LEK DO CPA | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 14h45
    2
    0

    pago 200 pra nao precisar fazer vistoria no detran

  • Opressor Magnata | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 14h01
    6
    0

    E vai deixar de dar dinheiro para as locadoras. E os lucros como ficam?

  • januario | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 13h44
    6
    0

    Muitas maracutaias nas locações, Ministério Público de olho. Agora vai começar as aquisições de veículos. KKKKKKKKKKK cada turma uma técnica diferente.

  • silva | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 13h40
    4
    0

    quem vai querer deixar de fazer vistoria no detran a 22,49 para fazer no setor privado? interesse de quem nesse edital?

  • silva | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 13h22
    5
    0

    quem vai querer deixar de fazer vistoria no detran a 22,49 para fazer no setor privado? interesse de quem nesse edital?

  • CARLA | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 12h36
    4
    2

    O QUE ADIANTA COMPRAR ESSES CARROS E DEPOIS NÃO DÃO DINHEIRO PARA MANUTENÇÕES???? OOO POVO BURROOOO GENTE. SECRETARIAS AI UM MONTE DE LATA VELHAS, A SEMA MESMO É UMA.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS