09 de Agosto de 2020,

Economia

A | A

Terça-Feira, 20 de Janeiro de 2015, 14h:51 | Atualizado:

Governo reinicia discussão para instalação do Parque Tecnológico

O governador Pedro Taques e a secretária de Estado de Ciência e Tecnologia (Secitec), Luzia Helena Trovo, retomaram nesta segunda-feira (19.01) as discussões acerca da instalação do Parque Tecnológico de Mato Grosso. O objetivo da nova administração é começar a tirar o projeto do papel até o fim deste ano. 

Colocar em atividade o empreendimento tecnológico foi um dos compromissos assumidos por Taques com a população durante o processo eleitoral do ano passado, dada sua importância: o local irá abrigar laboratórios, incubadoras, entre outros espaços, ou seja, será o conhecimento científico aplicado. 

Segundo a titular da Secitec, as áreas que vem ao encontro de setores estratégicos para o desenvolvimento econômico e social do estado serão beneficiadas. “O estado terá um aporte científico de inovação para avançar junto às empresas de diversos setores como o da biotecnologia e do agronegócio. Será a prestação de serviços por meio da parceria com as universidades”, explicou. 

Os custos estimados para que o Parque Tecnológico comece a ser construído são de R$ 4 milhões, recursos oriundos do governo e da iniciativa privada. Ao longo de 10 anos, considerando a esperada expansão do espaço, devem ser investidos R$ 100 milhões. 

Uma consultoria foi contratada pelo Executivo estadual durante a gestão anterior com o objetivo de avaliar as condições para a construção do local. A Fundação Certi (Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras) entregou um relatório, em maio de 2014, onde apontou a necessidade de que o Parque seja construído na região do entorno da capital mato-grossense. A decisão sobre o local deve ser tomada nas próximas semanas.

 



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS