23 de Abril de 2019,

Economia

A | A

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 00h:18 | Atualizado:

MT é um grande produtor, mas um péssimo comerciante, diz presidente da Fecomércio

O presidente da Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio), Francisco Antônio de Almeida, fez uma avaliação da situação econômica do estado, em entrevista ao jornal Primeira Página, da Centro América FM, nesta segunda-feira (11). Segundo ele, o estado precisa aprender a comercializar a própria produção. "Mato grosso é grande produtor, mas péssimos comerciantes, quem vende são as tradings. O estado é o maior produtor de carne e a carne sai (do país) com carimbo de São Paulo", declarou.

Ele afirmou que a contribuição dada pela Fecomércio é a emissão do certificado digital, de origem, rastreamento da produção. "A Fecomércio agora está oferecendo esse serviço de forma exemplar e rápida. Devemos apresentar um programa de governo para ampliar essa base de arrecadação. Esse é um dos documentos necessários e vamos começar por ele", explicou.

Para ele, o único setor do qual o estado pode se orgulhar é o agronegócio e defendeu que é preciso atrair empresas para gerar emprego e aumentar a arrecadação do estado. Inclusive, segundo o presidente da Fecomércio, não é preciso aumentar os impostos para melhorar a arrecadação, apenas atrair mais empresas. "É um absurdo falarmos em aumentar a alíquota em um estado, em um país, cuja alíquota já ultrapassou e muito os limites aceitáveis. Temos um índice de desemprego inadmissível e só vamos acabar com isso quando trouxermos para cá indústrias, quem gera emprego é indústria", disse.

O fato de o governador Mauro Mendes (DEM) ser do ramo empresarial, pode contribuir com essa evolução, na opinião dele.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS