04 de Junho de 2020,

Economia

A | A

Quinta-Feira, 21 de Maio de 2020, 17h:38 | Atualizado:

QUALIDADE DA CARNE

"Personalidade do agro" assume instituto em MT

caiopenido.jpg

 

O nome do produtor rural Caio Penido Dalla Vecchia foi aprovado para a presidência do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) nesta quinta-feira (21). O ato foi publicado em Diário Oficial do Estado e formaliza o início da nova gestão da entidade, que conecta produtor, mercado, indústria e Governo do Estado, além de outros players, para promover a carne de Mato Grosso.

Caio Penido é formado em Comunicação Social e preside o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS). Membro do Conselho de Administração do Grupo Roncador, voltado desde 1978 a atividades de pecuária, agricultura e mineração no estado de Mato Grosso e São Paulo, o produtor rural é sócio-diretor da Agropecuária Água Viva e da Encruzilhada Filmes.

Foi considerado uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio brasileiro pela revista Dinheiro Rural, em 2015 e 2018 . O novo presidente do Imac é um dos articuladores do movimento agroambiental “Liga do Araguaia”, que promove projetos de pecuária sustentável em parceria com organizações públicas e privadas, nacionais e internacionais.

À frente do Imac, Caio já definiu seu principal desafio. “Uma de nossas metas é estimular a intensificação sustentável da pecuária, de forma que o produtor consiga ampliar seus ganhos, a indústria alcance mais eficiência e o estado possa cumprir suas metas socioambientais com a Carne Legal de Mato Grosso”, observa.

Outro nome formalizado hoje para a diretoria do Imac foi o do zootecnista Bruno de Jesus Andrade para o cargo de Diretor de Operações. Andrade era gerente executivo da Associação Nacional de Confinadores (Assocon).

Caio Penido substitui Guilherme Nolasco, que presidiu o Imac anteriormente por 18 meses. O instituto foi criado em 2016 e é um serviço social autônomo cuja missão é promover a Carne de Mato Grosso, fortalecendo a cadeia produtiva com transparência, respeito e obediência a protocolos legais.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Pedro Assis | Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 08h13
    1
    0

    Esse iMac , além de cabide de emprego, também serve pra pagar jetons pra secretário de estado , veja o caso do Cesar Miranda que engorda o salário com jetons de reuniões que muitas vezes nem são realizadas .

  • Servidor concursado | Quinta-Feira, 21 de Maio de 2020, 20h16
    3
    0

    EM RESUMO: CABIDE DE EMPREGO PROS AMIGUINHOS DO REI

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS