19 de Novembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Domingo, 16 de Junho de 2019, 23h:23 | Atualizado:

CONEXÃO BIC

Delator cita ex-prefeitos de Cuiabá

luizcarloscuzziol.jpg

 

O índice de insônia no meio político aumentou depois do depoimento de Luiz Carlos Cuzziol, ex-BicBanco, ontem (12). As revelações de Cuzziol mexem com o mundo político do Estado.

Além de gestões no Palácio Paiaguás, os supostos esquemas de lavagem de dinheiro, segundo ele, atingiriam, em cheio, pelo menos, três administrações em Cuiabá. No meio jurídico, a leitura é a seguinte: as quase quatro horas de depoimento de Cuzziol, ontem, podem levar à deflagração de novas fases da Operação Ararath. A ação MPF-PF investiga esquema de lavagem de dinheiro no Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Ana | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 14h00
    12
    0

    FAZEM UM PUTA CIRCO E NÃO PRENDEM NINGUÉM...OLHA O LADRÃO DO RIVA SOLTINHO.

  • José | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 11h45
    10
    0

    Deque adianta delatar ajustica não prende políticos em mato grosso se fosse no rio de janeiro a cobra ia fumar

  • joaoderondonopolis | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 09h10
    12
    2

    Nova operação sem prisões não vale.

  • CHIRRÃO | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 08h03
    10
    1

    SE GRITAR PEGA LADRÃO!!

  • Indignado com os corruptos | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 07h57
    12
    1

    Ladrão é ladrão. O gestor tem o compromisso de realizar obras, afinal, ele administra o dinheiro público. Porém, isso não lhe dá o direito de roubar, desviar dinheiro público. Espero que o eleitor mude sua mentalidade afirmando: rouba mais faz. Ninguém foi eleito para roubar. Lugar de ladrão, deveria ser na cadeia e não administrando o dinheiro do contribuinte.

  • 🙄 | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 01h27
    2
    9

    🙄🙄🙄🙄🙄🙄🙄🙄🙄🙄🙄. Mentirosinho !! Contumaz !! Acha que o MP vai cair numa babozeiras dessas em época de abuso de poder ...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS