12 de Agosto de 2020,

Artigos

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 18h:02 | Atualizado:

CRISE NA AL

Deputado ameaça deixar liderança

DILMAR.jpg

 

O deputado estadual Dilmar Dalbosco (DEM) decidiu que vai entregar a liderança do governador Mauro Mendes (DEM) na Assembleia Legislativa. Ele está descontente com a forma com que o Executivo tem tratado a reforma previdenciária que está tramitando na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Dalbosco também ameaça deixar o DEM. No entanto, líderes da legenda estão tentando demovê-lo da ideia.

 



Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Teka Almeida | Quinta-Feira, 25 de Junho de 2020, 08h46
    1
    0

    Tem que perder o mandato. Só faz maracutaia olhando para o seu umbigo. E saindo terá a chance de ter um emprego decente e honesto de SORVETEIRO.

  • Paulo Mendes | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 19h59
    6
    1

    Depois do dia do sorvete ele tinha era que pedir pra sair. Ou tem que levar um pau da população, isso é rir da cara do povo.

  • Servidor | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 19h38
    4
    1

    Deputado o senhor terá a oportunidade de mostrar que rompeu com este Governo tirano vote a favor dos servidores nas reforma da previdência. Porque, os deputados da base não votam de acordo com a consciência e sim para cumprir ordem do Governador.

  • Amosil | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 19h08
    3
    2

    Coloca Wilson santos como líder..kkkk

  • eleitor | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 18h59
    3
    0

    o secretário mauro carvalho é o "Seu Batista" da Escolinha do Professor Raimundo, tamanho é a sua paixão pelo mestre mauro mendes, se mendes ficar com água pela cintura carvalho morre afogado

  • parasita tomado ivermectina | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 18h56
    1
    0

    secretário de saúde do estado, gilberto figueiredo é incoerente. Na sede da secretaria está executando obras de reformas com grande aglomeração e os servidores correndo grande risco de serem infectados. Só agora a secretaria está cumprindo o decreto e os servidores estão trabalhando das 7:30h às 13:30h, com revezamento, mas estão querendo rever isso. Quando o servidor testa positivo, simplesmente some e abafam o caso. Só depois que se fica sabendo que está com o vírus. Também estão impedindo os servidores de exercerem o direito de tirarem férias ou licença,

  • Waldemir | Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020, 18h51
    2
    1

    Pode vazar ñ vai fazer nenhuma falta!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS