15 de Agosto de 2020,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 10h:48 | Atualizado:

TENSÃO

Desembargador de MT passa mal

ruiramos.jpg

 

O presidente do Tribunal de Justiça, Rui Ramos, foi o primeiro a recusar a proposta do governo sobre o pagamento do duodécimo aos Poderes. Ele estava no limite. 

Pressionado por colegas desembargadores Rui Ramos resolveu endurecer com o Executivo. O clima de tensão é tanto que após assinar o documento recusando a proposta, Ramos passou mal e foi para no hospital. 



Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • jose florencio | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 18h34
    4
    2

    Concordo com a opinião da Sra lá embaixo. Quem passa mal somos nós, Servidores Públicos Estaduais, com esse terrorismo de SALÁRIO ATRASADO MENSALMENTE por esse Desgoverno chinfrim, humilhante e vergonhoso. Pedro Taques, você não nos representa! Caia Fora!

  • Gilston | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 15h10
    11
    4

    RESPOSTA AO Sr. Sérgio. Passar mal não quer dizer ficar internado em um hospital ou clinica. Eu por exemplo, a minha labirintite atacou forte, tive muita tontura vestigem vomito e dor de cabeça e fui pra UPA Morado do Ouro, e após medicamento eu voltei pro meu posto de trabalho.

  • Sérgio | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 14h13
    13
    15

    QUE ABSURDA ESSA NOTÍCIA . NÃO SE TEM RESPEITO POR NADA E NINGUÉM MAIS NESSE MUNDO . O DES RUI TRABALHOU NORMALMENTE DE MANHÃ E DE TARDE NESTA SEMANA . TODO MUNDO VIU LÁ JO TJ . MAS IDIOTICE É TÃO GRANDE E SÓ NÃO É MAIOR QUE A MALDADE E O DESEJO DO MAL !! QUE ABSURDO !!!

  • Túlio | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h31
    20
    13

    Fez acordo com o diabo e agora pressionados pelos colegas não tem como cumprir.

  • Ramis | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h31
    18
    5

    Kkkk, o malvadeza gravou um compacto disk, para cada irmão da lojas kkkkkkk, e se apertarem muito o malvadeza ele põem na praça com os variados sucesso dessa galera da irmandade, kkkkkkk

  • Saulo | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h25
    22
    10

    Parabéns e saúde ao desembargador pela postura de homem público em defender os interesses do poder judiciário contra as incompetência desse governo fraco sem ação, os poderes são independentes não podem ficar se sujeitando ao executivo.

  • silvio | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h19
    9
    8

    Hum .... isto é ruim...... vai aumentar o valor cobrado pelos senhores do poder judiciário.

  • said joseph | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 13h18
    21
    8

    Na verdade o Desembargador amarelou e tremeu de medo. O TJ - MT pela de medo de Pedro Taques.

  • Juca | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 12h04
    30
    7

    Macunba nada. Ameçou com o que ele pegou dele e dos demais com a grampolandia! Vcs o criaram, agora sejam devorados .

  • Juca | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 12h00
    20
    4

    Macunba nada. Ameçou com o que ele pegou dele e dos demais com a grampolandia! Vcs o criaram, agora sejam devorados .

  • Dias | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 11h21
    32
    6

    Kkkk rabo preso? Tem escuta dele? Imperador ameaca usar? Kkkk criaram o mostro que os devorará

  • Teka Almeida | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 11h21
    37
    9

    Tensão passa o pai/mãe servidor público que recebe agora seu salário com até 40 ou 50 dias de atraso. Contas a pagar já vencidas e com juros, diminuindo assim o seu poder de compra e ficando zerado financeiramente em poucos dias. O judiciário tem altos salários, duodécimos poupudos com poucos meses de atraso, o executivo vem sofrendo desde o inicio desse DESgoverno.

  • jade | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 11h14
    28
    9

    pedrinho malvadeza é mago, tem pacto além do poder judiciário, ele é bruxo, e aqueles que ameaçam o seu poder se dão muito mal.

  • RENATTUS | Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018, 10h51
    50
    12

    MACUMBA DE PEDRO TAQUES. TOMOS TODOS FUGIJOS.....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS