24 de Agosto de 2019,

Entrelinhas

A | A

Sábado, 20 de Julho de 2019, 13h:20 | Atualizado:

PRISÕES & GAECO

Em MT, cabo revela pirotecnia global

gersoncorrea-cabeca.jpg

 

O depoimento do cabo Gérson Correa à Justiça, no contexto da Grampolândia, faz sucesso. Principalmente, no ponto em que afirmou que promotores do Gaeco faziam “operações pirotécnicas”, segundo ele, “para aparecer na mídia”.

Uma dessas pirotecnias, conforme o cabo, é a prisão do ex-presidente da AL, José Riva, em 2015. Segundo ele, a operação do Gaeco ocorreu no dia 21 de fevereiro e, no dia 22, o fato era registrado no “Fantástico”. Seria combinado, disse o militar.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • José | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 15h16
    0
    0

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • Said Joseph | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 09h57
    2
    0

    Todos esses canalhas estão freneticamente em busca de 15 segundos de fama.

  • francyelly | Domingo, 21 de Julho de 2019, 09h32
    9
    0

    Parabéns ao Cabo Gerson, falou toda a verdade que ocorre sempre nessas operações....aliás, sobre a globo de MT basta ver a cobertura que ela está dando a este caso dos grampos pra se perceber o favorecimento do GAECO a ela para dar pirotecnica...só defendem o MP e atacam a todo momento os militares acusados..

  • Souza | Sábado, 20 de Julho de 2019, 21h58
    14
    3

    Ironildo. Ao que tudo indica vc faz parte da comitiva de defesa do MP de MT. ..,conheci esse militar recentemente no batalhão onde trabalho. Humildade dele e a sua vida comum é destacada. ...conheça ele é a história dele antes de jogar as pedras

  • IRÔNILDO | Sábado, 20 de Julho de 2019, 17h20
    4
    18

    Este cabo não é flor que se cheira. Apesar do corporativismo das instituições (tripé), não se pode olvidar que suas declarações estejam maculadas de má-fé. Há interesses e interesse$.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS