25 de Fevereiro de 2020,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 20h:58 | Atualizado:

NILO PÓVOAS

EP tenta capitalizar com escola

Assessoria

Emanuel Pinheiro

 

Em artigo na mídia, o prefeito Emanuel Pinheiro lamenta o fechamento da Escola Estadual Nilo Póvoas, tradicional unidade de ensino fundamental e médio, perto do Morro da Luz. O prefeito propôs uma parceria com o Governo: a Seduc cede o espaço à Prefeitura para a oferta de vagas na educação infantil.

Segundo EP, a Capital tem, hoje, um déficit em torno de cinco mil vagas. E o “Nilo Póvoas”, segundo ele, viria a calhar. “Tenho uma expectativa muito positiva de que vamos ter o apoio da Educação, do vice-governador Otaviano Pivetta e do governador Mauro Mendes. É é uma decisão a favor de Cuiabá, a favor da educação pública e das nossas crianças”, diz EP no artigo.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • MARIA TAQUARA | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 19h48
    1
    0

    A ideia foi ótima, e ele soube aproveitar o tempo da notícia. Uma indicação de que ele é bem melhor antenado com as necessidades e história da capital que o governador. Qualquer outra utilização para o prédio e estrutura que não seja para uma unidade de ensino é uma opção ruim. E o governador já deixou implicito que esta é a opção dele ao anunciar que a escola fechou. É como se o governador tivesse que cuidar do gol e abandonasse pro time rival colocar a bola para dentro. Eu não me surpreendo pq não vi nenhuma proposta original do Mauro Mendes até hoje.

  • O atalaia | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 15h40
    1
    0

    Concordamos com a ideia de uso do predio, mas, parece que o prefeito quer mesmo é aproveitar o clima de eleiçoes ao senado e fazer um pouco de sensacionalismo, chamando atençào do eleitor para si.

  • Amanda Duarte | Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020, 10h58
    5
    2

    É uma ótima ideia, pois se o prédio ficar abandonado em alguns dias já estará destruído por vândalos.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS