25 de Maio de 2019,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 23 de Abril de 2019, 20h:10 | Atualizado:

PLANO DE VIABILIDADE

Estado promete ajudar Santa Casa

abraco-santacasa3.jpg

 

Após relutar, o Governo do Estado vai “entrar em campo” para ajudar a reabrir a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, fechada há mais de 1 mês por conta de dívidas de R$ 118 milhões, incluindo seis meses de salários atrasados dos funcionários. O governador Mauro Mendes (DEM) determinou a Secretaria de Saúde que faça um estudo de viabilidade e uma proposta de solução para resolver o caos financeiro na unidade.

“A proposta em questão deverá ser apresentada, pelo Governo do Estado, até o final da próxima semana”, diz nota encaminhada pelo Governo.

Na nota, o Executivo destacou a importância da unidade de saúde para tratamento de alta complexidade no Estado. Também apontou a “inércia” da administração da Santa Casa e da prefeitura de Cuiabá, que é a responsável pela gestão dos serviços de saúde da Capital, incluindo os repasses para as unidades filantrópicas.

Íntegra da nota do Governo do Estado:

Considerando os graves problemas ocasionados à saúde pública com a interrupção dos relevantes serviços prestados pela Santa Casa de Cuiabá, fechada a 41 dias;

Considerando que a falta de leitos de UTI pode ocasionar risco a pacientes que necessitam de atendimento de alta complexidade;

Considerando que até o momento nenhuma solução foi apontada, seja pela administração daquele hospital filantrópico, seja pela Prefeitura de Cuiabá - que detém a responsabilidade da gestão plena dos serviços de saúde da Capital;

E, considerando reuniões, com presença de representantes da sociedade civil organizada, parlamentares e autoridades do setor de saúde, inclusive com o Ministério da Saúde, o governador Mauro Mendes determinou à Secretaria de Estado de Saúde (SES) a elaboração de uma proposta de solução (Plano de Viabilidade) para a reabertura desta importante instituição.

A proposta em questão deverá ser apresentada, pelo Governo do Estado, até o final da próxima semana.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Só na observação | Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 13h42
    1
    0

    Isso quer dizer que: um grupo de gestores faz uma gestão temerária por muito tempo, inclusive fazendo da instituição cabide de empregos para seus parentes ganharem super salários, e então a mesma vem à bancarrota. Ok. Daí vem todos chorando de pires na mãos para o poder publico...e eis que esse poder resolver ser bonzinho fazendo continência com chapéu alheio, no caso o chapéu do cidadão pagador de impostos para socorrer a entidade falida. Mas quá! Assim fica fácil. Cadê a policia e o MPE para investigar o motivo de tal crise financeira e oferecer a consequente denuncia contra a instituição junto à justiça? Só podem estar de brincadeira com o povo!

  • edna | Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 09h55
    2
    2

    ate quem fim governador vamos em frente para reabrir a SANTA CASA DE CUIABÁ, parabens governando pq esperar de emanuel palitó aquilo la iria ficar fechado pra sempre

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS