06 de Julho de 2020,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 15h:48 | Atualizado:

COVID-19

Exame de MM gera correria em MT

xcovid.pagespeed.ic.si33lohzmn.jpg

 

A morte rápida e precoce do presidente da Fapemat, Adriano Silva, chocou seus familiares, amigos e toda a classe política do Estado. Ele foi o primeiro ocupante de cargo de destaque no governo a perder a batalha para o vírus, que tem se ‘comportado’ de forma imprevisível.

No dia seguinte, o governador Mauro Mendes informa que está contaminado, o que contribuiu ainda mais para elevar a sensação de temor entre todos os poderes constituídos em Mato Grosso. Ontem foi uma correria para se fazer exames de detecção da covid-19.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rubens Tadeu Reynaud | Sábado, 06 de Junho de 2020, 06h59
    1
    0

    O resultado teste Covid 19 do secretário deu negativo. Ele faleceu mesmo foi de problemas cardíacos. Acontece que foi instaurado o pânico e agora até diarréia virou Covid 19. Este é o Brasil ou seja a saúde aqui sempre foi, é e sempre será uma zona.

  • JANUÁRIO | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 17h17
    4
    0

    Pois é, quantos nos deixaram pela falta dessa correria? eram simples mortais.

  • Satanas | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 16h53
    9
    3

    Coisa ruim não morre...se fosse uma pessoa humilde já tinha ido para o inferno....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS