22 de Julho de 2019,

Entrelinhas

A | A

Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 17h:00 | Atualizado:

PEDIDO DE HC

Genro de Arcanjo muda de advogado

giovanizen-paulolessa.jpg

 

Genro do bicheiro João Arcanjo Ribeiro, Giovanni Zem Rodrigues impetrou novo habeas corpus no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Sua defesa agora é conduzida pelos advogados Paulo Lessa, desembargador aposentado, e Fábio Lessa.

Apontado como um dos chefes do jogo do bicho em Mato Grosso, Giovanni foi preso pela Polícia Civil logo depois do sogro e mais uma dezena de pessoas durante a Operação Mantus, em 29 de maio passado. O processo foi distribuído nas últimas semanas de junho para o desembargador Rui Ramos Ribeiro, da Terceira Vara Criminal do TJ.

O mesmo magistrado negara liberdade a Giovanni no dia 26 de junho, o pedido de liminar foi interposto por Ulisses Rabaneda, também ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Antes de chegar ao TJ, o HC receberá parecer do Ministério Público Estadual (MPE).

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Carol | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 15h37
    2
    0

    Ministério Público, fique de olho nos corredores do TJ...

  • Andre | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 19h55
    6
    3

    Contagem regressiva para ele sair

  • Gilvan | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 17h42
    11
    1

    Agora vai. Ta mão dos defensores de Josino, Eder Pitan, Maggi, os que são dinos do mt. Boa Giovani. Como sempre muito esperto. Ta entre os seus.

  • MARCIO | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 17h06
    10
    3

    AGORA ELE SAI.........POR MIM ESTES CHEFÕES DO CRIME ORGANIZADO DEVIAM PEGAR UNS 5 ANOS CADA PELO MENOS PARA APRENDER A NÃO ZOMBAR DA JUSTIÇA FAZEM O QUE QUEREM, E SE ACHAM OS INTOCAVEIS NO MINIMO 5 ANOS CADA

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS