20 de Setembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 16h:50 | Atualizado:

DESONERAÇÃO

Mauro defende lei, mas cobra FEX

mauro-radio.jpg

 

O governador Mauro Mendes anda pedindo cautela na possibilidade dos estados passarem a ter autonomia para cobrarem o ICMS em exportação de produtos primários, com o possível fim da lei Kandir. MM lembra que a lei Kandir foi importante para o desenvolvimento de Mato Grosso nos últimos anos. Segundo ele, por estar longe dos portos e com logística ruim, o estado só cresceu graças a desoneração nas exportações do agro. 

Sabiamente, o governador lembrou que a nossa soja, o nosso algodão e a nossa carne só são competitivas mundo a fora devido a desoneração que a lei Kandir proporciona aos exportadores. 

MM avisa que seu principal interesse, no momento, não é a revogação da lei Kandir. O que ele quer é que Brasília pague os repasses do FEX, criado para compensar as perdas da desoneração. Como todo mundo sabe, receber este dinheiro da União é um parto. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • FAGNER | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 20h35
    1
    0

    IMPOSTOS DA AGROPECURIA ELE NAO QUER COBRAR SENDO QUE JA GANHAM + BILHÕES E NAO PODEM AJUDAR O ESTADO QUANDO TEM NECESSIDADE.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS