24 de Fevereiro de 2020,

Entrelinhas

A | A

Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 11h:27 | Atualizado:

SENADO

Mauro fica em cima do muro em MT

mauro-pivetta.jpg

 

Na longa entrevista concedida à radio Vila Real na sexta-feira (24), o governador Mauro Mendes (DEM) evitou bater o martelo sobre a eleição ao Senado. Com dois nomes do governo como concorrentes, Mendes preferiu dizer que aguarda a data de oficialização das candidaturas para, então, decidir quem apoiará.

O governador declarou anteriormente que havia uma tendência pelo nome de Carlos Fávaro, mas com o surgimento da candidatura de Otaviano Pivetta, o quadro já mudou. Para não gerar ciumeira em ninguém, Mendes ainda fica em cima do muro.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Ramis | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 22h33
    5
    0

    Ta sem moral o Mentes qm ele apoiar com certeza pode contar menos 500 mil votos , entao pode ficar em cima do muro igual caco de vidro!!!

  • Zanboni | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 15h12
    2
    1

    Deixe de ser covarde Sr.Mauro Mendes Ferreira, eventualmente Governador do Estado de Mato Grosso, V.S precisa assumir a sua filiação partidaria no Democratas, o nosso DEM precisa ter um candidato ao Senado, seja ele o Julio Campos, o Fabio Garcia, Eduardo Botelho, Dllmar Dalbosco, ou outro qualquer, e sr. terá de apoiar o candidato do seu Partido, e não candidatos de outros Partidos que eventualmente foram nosso aliados em 2018. Para esses Partidos, seja ele PDT,PSD,MDB,e outros já foram agraciados com cargos no Governo.

  • Anabelsilva10@hotmail.com | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 14h58
    3
    0

    Qual a novidade?

  • O atalaia | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 14h01
    4
    1

    Convenhamos, MM tem contra si, o l seguimento dis servidores publicos, que alcança entre 300 e 400 mil votos, e, com isso seu apoio a um candidato ao senado pode não ser de bom alvitre. O melhor para os candidatos, á essa altura é buscar outros apoios....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS