21 de Novembro de 2019,

Artigos

Entrelinhas

A | A

Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 10h:22 | Atualizado:

FOLHA SALARIAL

Poderes consomem 72% de MT

O Orçamento de Mato Grosso para 2019 revela que a folha salarial consome 72% da receita orçamentária dos três poderes - Executivo, Legislativo e Judiciário. A proposta de MM é reduzir o duodécimo da AL (hoje, de R$ 896,1 milhões) em R$ 35 milhões.

Embora aliado, Botelho não vê com bons olhos reduzir a grana dos deputados. Vai “feder chifre queimado”. 

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Contribuinte Indignado | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 10h47
    2
    0

    A sociedade mato-grossense deveria se mobilizar e fazer um grande protesto contra as mordomias no setor público. Não aguentamos mais manter salários astronômicos, não aguentamos mais manter a mordomias de desembargadores, juizes, auditores do Estado e do TCE, salários de deputados e vereadores. Devemos seguir o exemplo dos coletes amarelos na França e exigir o fim da bagunça, afinal, que paga as mordomias dessa gente somos nós, os contribuintes, seja pessoa física, seja o empresariado. Vamos mobilizar, gente. Pelo fim dos super salários.

  • news | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 10h12
    2
    0

    Tá igual ao taxiz

  • news | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 10h05
    2
    0

    Os incentivos fiscais ultrapassa essa porcentagem!

  • Denis | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 09h56
    1
    0

    Por que não detalham melhor esse numero? quantos porcento equivale a cada um dos poderes e a quantidade de efetivo q cada um tem! pra ser ter um real ideia.

  • Areal | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 09h28
    1
    0

    Será que esta apontando uma luz no fim do túnel???/ quantos servidores tem no TCE e quantos esse órgão consome por exemplo..nem vou discutir salários , vou discutir despesas ..por la até o cafezinho é diferenciado..por lá tudo é de ponta ...na Sinfra que é o órgão máximo quando se trata de pavimentação asfáltica , até ano passado , porcamente tinha um laboratório e ainda por cima todo ele terceirizado ...TCE inaugurou um laboratório de ponta , a custos de milhões e milhões onde tem mais equipamentos que servidores....tudo da mais alta tecnologia , para ter meios de fiscalizar a ferro e fogo orgãos e prefeituras que mal tem engenheiro para tocar as minimas obras...são essas desigualdades que tem que ser combatida . No TCE um servidor não tem qualquer dificuldade de fazer um curso , no executivo nem de excell básico você consegue ...poxa a gente questiona porque dessa gigantesca diferença de tratativas , somos no fim servidores que servimos o mesmo estado. isso já passou da hora de acabar. Tenho respeito pelos meus colegas do TCE mas vivemos em sociedade e não da mais para voces e demais colegas de outros poderes fecharem os olhos para isso , se importar apenas em ganhar os seus quietos enquanto a outra ponta sofrendo com essa desigualdade na balança. E tem mais , quando o governador vai a publico detonar servidor são os do executivo que ele joga na cova dos leões ...voces de outros poderes que fazem parte do todo , não tem os nomes tocados.

  • Fiscal da geral | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 07h44
    2
    0

    A expressão chifre queimado quer dizer o quê, na verdade? a) Todos são cornos; b) Vão usar os chifres das vagas para fazer fogueiras; c) Vão comprar chifres que é altamente inflamável pra fazer protesto em frente a AL; d) Vão ficar com tanta raiva que vai esquentar a cabeça e queimar os chifres; e) Nenhuma das anteriores

  • Maria | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 07h37
    4
    0

    Todos temem o MP e o judiciário porque são órgãos que manipulam acusações perante a opinião pública contra aqueles que deseja prejudicar ou intimidar. #REFORMA DO JUDICIÁRIO JÁ.

  • Cidadão Matogrossense | Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 03h44
    0
    0

    E o salário do funcionários públicos?? Esse Mauro Mente não havia prometido que iria pagar no dia 30 de cada mês??? Cabloquinho mentiroso hein!!! Enganou o cidadão MATOGORSSENSE, deixa está!!!

  • Luiz Antunes | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 11h49
    21
    2

    Comece pelas Verbas Indenizatórias da Sefaz, da pge, da controladoria, etc..... órgãos que deveriam dar exemplo, mas fazem o contrário! Quero ver sua coragem MM

  • Servidor indignado | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 11h33
    13
    1

    Como desejamos mudar essa estrutura corrupta, o legislativo, se na próxima eleição o "povão" elege o Maluf, a Riva, o Botelho? Poderia haver um plebiscito pra saber da população se deseja a extinção do poder legislativo, que não serve pra nada.

  • Pagador de Impostos | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 11h22
    17
    2

    Mauro Mendes vai passar 4 anos choramingando igual o Taques fez? Chega. Ou trabalha ou vaza.

  • Teodoro da Silva Junior | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 11h01
    13
    0

    O TJ de Mato Grosso foi uma dos mais céleres a acompanhar o aumento do teto de mais de 16% nos salários de seus magistrados! Pergunta-se: Como será feito para manter ou reduzir o duodécimo desse poder! Esse aumento, igual ao quadruplo da inflação anual, já está sendo estendido para todos os poderes e órgãos da administração do estado de MT, ou seja, para todos os poderes! O certo é que a sociedade não aguante mais manter os marajás dos poderes públicos! Um dia algo vai acontecer!

  • João da Silva Ribeiro | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 09h46
    11
    0

    É absurdo 460 milhões, tem quer cair para 250 milhões ,irresponsável e dá essa grana total para esses deputado para manter privilégios de poucos e detrimento a saúde e educação.

  • Mad | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 08h53
    13
    2

    Kkkk a teta vai secar para os paladinos da justiça e da legislatura... torço muito por isso!

  • alexandre | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 08h27
    15
    1

    O judiciário gasta 85% em salário e verbas indenizatórias, o legislativo é uma quadra, como uma quadra que não faz atendimento no Interior, consome 425 milhões, há de lembrar que salário de 500 mil reais seria em qual poder ? O estado não aguenta pagar super duodécimos.. legislativo e judiciário tem que pagar seus aposentados e não empurrar pro governo, pois tem regime próprio.

  • João José | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 18h22
    1
    8

    Uma desinformação para a sociedade: AL MT R$460 milhões cai para R$425 milhões. Muito irresponsável essa "notícia".

  • O atalaia | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 17h35
    11
    0

    A sociedade espera que Mauro Mendes consiga negociar de modo a reduzir o duodécimo. Aliás, o sucesso do governo depende da quebra desse paradigma, o que exigirá, além da coragem, muita diplomacia e habilidade. Caso esse desafio não seja superado, as demais opções não haverão de dar certo..

  • ribamar carvalho | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 15h00
    4
    13

    que notícia safada! O Executivo e o Legislativo gastam 60% a 70% do orçamento com salários, diante da quantidade de cabide de empregos. Verdade totalmente diferenciada do Judiciário, essa notícia é leviano, colocando todos no mesmo saco. faça a devida retratação com a exposição de cada orçamento. Chega de fake news.

  • alexandre | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 14h06
    19
    0

    Agora faz o calculo dividindo pelo poder e numero de servidores, de acordo com seu duodecimo...o problema não e no executivo...

  • alexandre | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 14h03
    17
    0

    tem que cortar nos 3 poderes, o primo rico tambem....

  • Xicungunha | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 11h41
    22
    1

    Poderia fechar essa bosta. Com esse dinheiro pagava os servidores.

  • Vanderleia popozuda | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 10h57
    24
    1

    Por falar em chifres... O que mais se vê na Assembleia Legislativa é chifrudos.

  • Teka Almeida | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 10h46
    31
    2

    Os poderes que se dizem independentes possuem duodécimos equivalentes a arrecadações de vários municípios e em relação a outros muito superior. Isso é um absurdo. Tem que cortar em 70% e ainda sobra dinheiro para seus penduricalhos.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS