18 de Outubro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 08 de Julho de 2014, 13h:00 | Atualizado:

BASTIDORES

PSD queria Nilson Leitão ao Senado

riva-leitao.jpg

Cúpula do PSD planejou aliança com o PSDB de Nilson Leitão para garantir mais tempo de rádio e TV a campanha de José Riva ao governo do Estado

Na decisão de última hora que lançou o deputado estadual José Riva ao governo do Estado, a cúpula do PSD convidou o presidente do diretório estadual do PSDB, deputado federal Nilson Leitão, para ser candidato ao Senado e assim abandonar a aliança que apoia o senador Pedro Taques (PDT) ao governo do Estado.

Sem representatividade expressiva, o interesse pelos tucanos não foi motivada pela sua musculatura política em Mato Grosso, mas pelo tempo que a legenda oferece em rádio e TV para propaganda eleitoral gratuita. 

Embora tenha sido oferecida estrutura para campanha eleitoral, Leitão preferiu se manter no bloco de aliança em favor de Taques. Diante do conhecimento do assédio, já havia políticos no grupo pró-Taques comparando Leitão a Joaquim Silvério dos Reis, que denunciou o plano de Tiradentes em libertar o Brasil de Portugal retardando a independência do país, em uma eventual debandada do PSDB. Sem sucesso, o PSD apostou lançou outro nome de peso, o agropecuarista Rui Prado ao Senado.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS