19 de Setembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h:09 | Atualizado:

FARRA NACIONAL

Valtenir dá presente para políticos

valtenir.jpg

 

Em meio à crise política do País, o deputado Valtenir Pereira (MDB) sua a camisa para ver aprovado a PEC (PEC) que aumenta de oito para dez anos mandato de senador, de quatro para cinco o mandato de deputado e acaba com a reeleição no Executivo. 

Relator na CCJ, Valtenir deu parecer favorável à PEC, que também prorroga mandatos dos atuais prefeitos, vice e vereadores. Não contente, ele está convocando um ato público para o dia 30, em Cuiabá, em defesa da proposta. Será que dá praia? 

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Armindo de Figueiredo Filho | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 10h57
    6
    1

    LAMENTÁVEL....Este só navega contra O POVO..... A população do país... querem a sua diminuição para 0$ MANDATOS... ESTE "NOBRE" não acompanha as redes Sociais???????? Sempre dando "FORA". Não tem o minimo de respeito aos seus ELEITORES!!! Quer mais despesas e mordomias ... É ISSO???? Assim fica difícil passar o PAÍS A LIMPO ...... ETA TURMINHA!!!!! FIM DE PAPO.....

  • Indignado com os corruptos | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 10h09
    6
    1

    Esse sujeito, Valtenir Pereira representa o que há de pior na política brasileira. Apesar de jovem, age como um corrupto decrépito e desonesto. Espero que na próxima eleição, a população tome vergonha na cara e não eleja esse sujeito. Ele não tem compromisso com o Brasil e sim com os seus interesses.

  • Paulo Braga | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 09h00
    11
    1

    Esse indivíduo envergonha os Mato-Grossenses, Pilantra da pior espécie, vende ate a mãe por alguns trocados! Mas teve a resposta das urnas! O povo não deixa mais se enganar........

  • Pacufrito | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 08h14
    10
    1

    Temos que ir ao ato público, mas para execrar estes bandidos, sinceramente não sei como a população pode votar em um imoral igual a este, eles na verdade querem se perpetuar no poder. UMA VERGONHA.

  • antonio carmo | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 22h21
    4
    5

    Para que possa ser adiado e prorrogado para 2022 é necessário aprovar a PEC até 04 de outubro, ou seja, um ano antes do pleito. Se realmente gerar economia como estão dizendo, tem que aprovar. Quem não gostou que bote a cara a tapa e se candidate à um cargo publico e vá mudar a Lei. Muito fácil, a hipocrisia bate e fica. Cobrar e jogar pedras qualquer um pode, agora, ajudar o pais, poucos querem. A politica é o telhado de vidro em todas as esferas, só tem podridão e sabemos disso, agora, a pessoa não sabe direito sobre o assunto, vai falando bulufas do que não sabe, apenas, pelo simples fato de cobrar e deixar seu nome registrado como "eu estou cobrando" Por favor, me poupem de hipocrisia. Levantem as "nadegas" das suas cadeiras e vão cobrar seus direitos. Escrever um monte de coisa aqui nos comentários é fácil, quero ver colocar o nome a disposição e concorrer a um cargo publico. Tem gente aqui que cobra muito mas não tem nem o voto da esposa. Hipocrisia é doença. E não sou politico e muito menos homem público, apenas li no site da Câmara Federal sobre a PEC 56 e sobre o voto do Valtenir, tem coerência Mas os desinformados já vão falando que todos são ladrão, aí, assim é complicado. A política vai ser sempre podre pra quem não quer nada com nada. Descumpem o desabafo, mas estamos numa democracia e cada um fala o que acha correto e OUVE também pelos comentários. Não quis ofender ninguém, deixar claro.

  • José | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 17h19
    27
    2

    Tem que tentar ficar na política pois não sabe fazer outra coisa agora convoque um plebiscito para ver se a população aprova esse deputado é um verme politico

  • Mario Ferreira da Silva | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h50
    5
    37

    Parabéns Deputado! Entendo que no primeiro momento essa ideia pode parecer esdrúxula, mas depois vai conseguir demonstrar que foi acertada, pois irá fazer que seja economizado milhões de reais com gastos nas eleições.

  • Marià | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h47
    31
    5

    Da praia sim um monte de ovos na cara desse safados. Fazer projeto pra beneficiar a população matogrossenses nem pensar, bando de cretino.

  • DILCEU BORGES | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h45
    29
    3

    Não foi atoa que ele perdeu a eleição pra deputado federal.

  • Giba | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h28
    16
    2

    Não passa, não tem tempo hábil para se votar, o instituto da anterioridade a lei, pra vigorar deve ser votada e sancionada antes do primeiro domingo de outubro, prazo de um ano antes das eleições municipais, caso contrario só para o próximo mandato, temos agora a discursão da reforma da previdência e ela vai longe na camara que depois irá para o senado, a mesma regra é para esse projeto de lei que tem que ser aprovada pela duas casas legislativas, PODEM ESQUECER E SO PRA INGLES VÊ.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS