09 de Agosto de 2020,

Esporte

A | A

Terça-Feira, 28 de Julho de 2020, 22h:27 | Atualizado:

Análise de banco cita "desastre financeiro" do Corinthians e critica ineficiência em contratações

Relatório de análise financeira dos clubes brasileiros, publicado nesta terça-feira pelo banco Itaú BBA, apontou um cenário ruim para o Corinthians, um clube que "vive um roteiro típico daqueles filmes de catástrofe: tudo está bem quando tudo está bem. Daí, no ano em que não há vendas relevantes de atletas, pronto, a situação desanda", como diz o documento.

A relação com o cinema se dá pelo ano "financeiramente desastroso" de 2019. Embora na análise conste que as receitas com publicidade melhoraram e já estão "em níveis mais próximos ao potencial do clube", o problema está nos Custos e Despesas, "que seguem crescendo em ritmo alucinante", forçando o clube a buscar solução na venda de atletas.

O investimento em jogadores no ano passado é apontado como um grande problema. "O futebol (do clube) é incapaz de obter eficiência nas contratações, vide o investimento de R$ 91 milhões sem sucesso esportivo relevante em 2019" (deduzidos os R$ 38 milhões de financiamentos, o valor pago foi de R$ 53 milhões).

Somado às categorias de base e melhora de estrutura, esse valor chegou a R$ 109 milhões. O clube social também é apontado como entrave, já que "drena o caixa" (a geração de caixa foi negativa em R$ 28,2 milhões no ano passado).



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS