10 de Dezembro de 2019,

Esporte

A | A

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2014, 16h:21 | Atualizado:

INCÊNDIO NA COPA

MPF vistoria Arena e mantém investigações em área de incêndio


Da Redação

Midianews

Arena vistoria

 

Representantes dos Ministérios Públicos Federal e Estadual , em companhia de técnicos do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e engenheiros da Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo), lideraram nesta quarta-feira (19) uma vistoria técnica na Arena Pantanal para verificar quais correções houveram na estrutura danificada pelo incêncio que aconteceu no dia 25 de outubro.

A procuradora da República Bianca Britto, responsável pela condução do inquérito do MPF, afirmou que as investigações não serão arquivadas diante da declaração feita ontem pelo secretário geral da FIFA, Jerome Valcke, de que um laudo feito por uma empresa independente atesta segurança total para sediar partidas de futebol. “Ninguém aqui está dizendo que as instalações são inseguras, de forma alguma. Há um interesse público de que o evento seja realizado da melhor forma possível, se garantindo a segurança das pessoas, dos jogadores, dos trabalhadores e, principalmente, que o investimento público que está sendo feito na Arena seja bem aplicado”, declarou Britto.

Em meio a todo o impasse, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou na terça-feira (18) que a Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo)  apresente em 5 dias laudos conclusivos com a devida assinatura de engenheiros atestando a total segurança na estrutura física da Arena Pantanal.

No ofício, é cobrada a realização de uma análise estrutural para verificar se a redistribuição de esforços é significativa ou não,  uma vez que, estaria degradada parte das vigas e estruturas. Ainda é exigido detalhes a respeito da recuperação de concreto armado, vigas, pilares e pintura de proteção do concreto.

O secretário-adjunto de Infraestrutura da Secopa, Alysson Sander, acompanhou a visita, voltou a afirmar que os reparos estruturais já foram realizados na área onde ocorreu o incêndio e disse ter confiança de que tudo será “resolvido e pacificado”. “Esperamos que até o fim desse mês já tenhamos resolvido e pacificado essa situação, com o arquivamento das ações”, disse.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS