22 de Novembro de 2019,

Esporte

A | A

Domingo, 20 de Outubro de 2019, 20h:00 | Atualizado:

Nova convocação da Seleção: problemas à vista com clubes

Na próxima semana, provavelmente na sexta (25), o técnico Tite vai fazer mais uma convocação da Seleção Brasileira – dessa vez, para amistosos com a Argentina, dia 15 de novembro, na Arábia Saudita, e contra a Coreia do Sul, dia 19, nos Emirados Árabes. Desde já, existe uma expectativa grande sobre os critérios para a escolha dos 23 jogadores. Levará quem atua no Brasil? No máximo quantos de cada clube?

Essas perguntas certamente já estão grifadas na mesa de cabeceira de Tite. Tudo por causa das últimas polêmicas envolvendo a CBF e alguns clubes, mais notadamente o Flamengo, que ficou desfalcado de Rodrigo Caio e Gabigol por duas rodadas do Brasileiro – eles fizeram parte do grupo que disputou amistosos com Senegal e Nigéria, dias atrás, em Cingapura, na Ásia.

O Grêmio também não aprovou a convocação, para os jogos do Brasil com os africanos, de Everton Cebolinha e Matheus Henrique.

Nesta semana, um embate entre Flamengo e CBF pontuou o noticiário. Isso por causa da decisão da diretoria do Rubro-Negro de não liberar o meia Reinier para a primeira semana de treinos da Seleção Sub-17, que se prepara para o mundial da categoria. A alegação do Flamengo era que o time sofreu baixas nos últimos dias por causa de lesões e suspensões e, por isso, não poderia abrir mão de Reinier.

Na CBF, internamente, houve reações negativas à atitude do Flamengo. De todo modo, foi o próprio meia que garantiu a vitória da equipe carioca sobre o Fortaleza, por 2 a 1, nessa quarta (16), no Castelão. Ele fez o gol da virada. O resultado manteve o Flamengo na liderança folgada da competição, oito pontos à frente do Palmeiras.

Para os amistosos de setembro da Seleção, contra Colômbia e Peru, Tite resolveu limitar a convocação de jogadores em atividade no Brasil - no máximo, um por time. Depois, mudou seus critérios.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • nilson james de feritas | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h17
    0
    0

    ENGRAÇADO É ESSA CBF,,FUDEU O SANTOS NÃO LIBERANDO O RODRIGO NA RETA FINAL DA IDA DELE PARA A EUROPA...E LIBEROU O JOGADOR DO FLAMENGO COM O BRASILEIRÃO EM ANDAMENTO...DOIS PESOS E UMA MEDIDA...RESPEITO COM O SANTOS É BOM POIS MERECE SENHOR PRESIDENTE..TORCIDA DO SANTOS TA INDIGNADA E ENGASGADA COM ISSO

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS