21 de Maio de 2019,

Esporte

A | A

Domingo, 21 de Abril de 2019, 23h:30 | Atualizado:

INVESTIGAÇÃO

Polícia prende suspeitos de matar ex-jogador do Vasco

valdiram.jpg

 

Três homens foram presos neste domingo (21) suspeitos de matar o ex-jogador Valdiram Caetano de Morais, de 36 anos, em São Paulo. O corpo do ex-atacante do Vasco foi encontrado com sinais de agressão na Rua Santa Eulália, em Santana, Zona Norte da capital, na Zona Norte de capital, na sexta-feira (19).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o trio foi detido durante a manhã e levado para ser ouvido por policiais civis.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. A investigação do crime é feita pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo o Globoesporte.com, Valdiram lutava há mais de dez anos contra o alcoolismo e o vício em outras drogas.

O corpo do ex-jogador foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e liberado para a família após ser reconhecido por moradores de rua que conviviam com ele.

Ídolo do Vasco

Natural de Canhotinho, no interior de Pernambuco, o jogador foi revelado no CRB e se destacou no Vasco em 2006, atuando ao lado de Romário. Depois de sete gols durante a Copa do Brasil, o atacante passou a faltar em treinos e teve seu contrato rescindido em fevereiro de 2007.

Depois disso, passou por 18 clubes até 2011. A carreira de Valdiram não alavancou por problemas extracampo.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS