13 de Agosto de 2020,

Artigos

Esporte

A | A

Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 23h:44 | Atualizado:

São-paulinos garantem perdão a Cueva: "Ele sabe que errou"

Afastado dos últimos três jogos por mau comportamento, o meia Christian Cueva está perdoado por companheiros e comissão técnica do São Paulo. Foi o que garantiu Dorival Júnior, após a vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo-SP, na tarde deste sábado, no Morumbi, onde o peruano voltou a ser utilizado pelo treinador.

"Não tenho dúvidas de que foi perdoado. Todos erramos, o importante é reconhecer e ter a responsabilidade de não cometer os mesmos erros e manter postura exigida para a profissão", afirmou o comandante, em entrevista coletiva.

Camisa 10 do Tricolor, Cueva foi punido pela diretoria após se negar a enfrentar o Mirassol, no último dia 24, insatisfeito com a condição de reserva e diante de uma proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita. Além disso, já havia se reapresentado para a pré-temporada da equipe com seis dias de atraso, o que lhe rendeu uma multa no salário.

Diante desse cenário, o diretor-executivo de futebol Raí teve uma conversa com o atleta e prometeu só disponibilizá-lo novamente quando estivesse comprometido com a equipe, o que aconteceu na última sexta-feira. "A diretoria foi correta, Cueva sabe mais do que ninguém como as decisões foram acertadas, serve como exemplo. Que fique tranquilo e volte a jogar nas melhores condições, focado na equipe, como sabe fazer bem", pontuou o técnico.

Dentro de campo, Cueva correspondeu ao ser acionado no segundo tempo diante do Botafogo. Com o 0 a 0 no placar, o peruano deu mais intensidade ao time tricolor e, de pênalti, marcou o segundo gol da vitória. Na comemoração, pediu desculpas e fez as pazes com a torcida.

"Jogador importantíssimo, sabe que errou, mas teve a humildade de assumir e trabalhar", elogiou o volante Petros. "Só assim vai reconquistar a confiança da torcida. É um grande jogador, precisamos muito dele. Faz parte totalmente do grupo, se desculpou com o torcedor e treinador, foi um belo gesto", ressaltou o capitão da equipe, que deu uma dica antes de Cueva bater o pênalti.

"Falei para ele concentrar e fazer o gol. É um jogador com muita personalidade, que bom que ele fez o gol para acalmar o zum-zum-zum", contou. Já o volante Jucilei, igualmente elogioso ao companheiro, se atentou para o fato de o peruano ser também importante para a seleção de seu país em 2018.

"Poucos no Brasil têm a qualidade do Cueva. Ele querendo ajudar, sem comentários. Está focado, ano de Copa, tem de estar motivado. Só assim fará uma boa Copa. Conversamos bastante, o elenco abraçou, e as coisas vão fluir bem. Conversamos, ele sabe que errou, mas tem coração bom. Agiu na emoção, quase se prejudicou, mas, agora está focado", assegurou o meio-campista.7

 



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS