Quinta-Feira, 25 de Agosto de 2022, 10h55
MORTE BANAL
Homens morreram em conveniência após um chamar outro de "rato"; veja vídeo
Menor envolvido em mortes está foragido

LETICIA KATHUCIA
Da Redação

Reserva briga.jpg

 

Imagens de segurança instaladas dentro da conveniência onde aconteceu a morte de Valmiro Gonçalves da Lomba, de 41 anos, e Fagner Junior Gomes da Silva, de 40 anos, na noite do último domingo (21), em Reserva do Cabaçal (380 km de Cuiabá), mostram a discussão banal que acabou evoluindo para a dupla execução. As informações seriam de que os envolvidos estavam ingerindo bebida alcoólica no local há cerca de algumas horas.

Em determinado momento houve uma discussão entre Fagner e Valmiro, sendo que o primeiro xingou o segundo de rato. O filho de Valmiro não gostou da ofensa ao pai e partiu para cima do desafeto. 

Pelas imagens, é possível ver o momento em que o menor de 17 anos desfere socos no rosto de Fagner que cai no chão e continua sendo agredido, até que outros clientes interverem e separam a briga. Na sequência, Fagner resolve ir embora, mas antes de sair ele diz que voltaria para acertar as contas com o adolescente. 

Cerca de meia hora depois, Fagner chega em uma motocicleta. Com o revólver em mãos, ele já desce atirando contra o pai do menor que sai correndo e entra na caminhonete.

Enquanto isso, Fagner grita, “chama eu, chama eu de filho da puta agora, desgraça, chama”. Nesse momento, o menor desceu do carro e começa a atirar contra o homem.

Ambos trocam tiros até que Fagner é atingido e cai no chão. Os dois homens foram socorridos, mas morreram a caminho do hospital.

O menor envolvido na briga e na morte de uma das vítimas, fugiu após o crime e ainda não foi localizado. A Polícia Judiciária Civil está investigando o caso e buscando pelo suspeito.   

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/