Terça-Feira, 25 de Março de 2014, 15h44
TRAGÉDIA EM PARANATINGA
Homem estupra e mata estrangulada garota de nove anos em MT

G1

\"estuprador\"

 

Jefferson Aparecido da Cruz, de 24 anos, foi preso nesta terça-feira (25) em Paranatinga, a 411 km de Cuiabá, após confessar ter estuprado e enforcado Quimberly Ritielly Freitas Sales, de 9 anos, que estava desaparecida desde sábado (22). De acordo com a Polícia Civil, o próprio suspeito informou que o corpo da criança estava escondido no lixão que fica na saída da cidade, sentido ao município de Primavera do Leste, distante 239 km da capital. O corpo, que foi encontrado por volta do meio-dia, deverá ser retirado do local pela Polícia Técnico-Científica (Politec).

O investigador da polícia Telmo de Freitas informou que, segundo depoimentos de familiares de Quimberly, o suspeito costumava frequentar a casa da vítima e também estaria na residência dela no dia do crime. “No sábado ele saiu de moto duas vezes com a menina e depois a deixou na casa novamente, e saiu. Entretanto, após algum tempo, a família notou que a menina não estava no local”, relatou o policial.

Ainda segundo o investigador, o jovem foi conduzido à delegacia na noite de segunda, mas estava sem documentos e apresentou um nome falso. “Ele prestou depoimento e como no nome dele não havia nenhum registro, ele foi liberado”, contou Telmo de Freitas. Entretanto, nesta terça, após o surgimento de novas pistas, a polícia o autuou novamente.

O suspeito estava com os documentos, e no nome verdadeiro dele constava uma passagem pelo crime de estupro cometido em Cuiabá. “Ele foi novamente ouvido e acabou confessando o crime. Ele alega que foi um minuto de bobeira”, enfatizou Telmo. O suspeito teria estuprado a vítima e depois a enforcado com as próprias mãos. Segundo a polícia, em razão da comoção pública, o jovem preso deverá ser retirado da cidade.

Quimberly foi vista pela última vez por volta das 17h de sábado (22), brincando em frente da casa da família, com dois irmãos e outras crianças, no Bairro Colina Verde III. O boletim de ocorrência foi registrado na segunda-feira (24), quando equipes da Polícia Civil e Militar iniciaram as investigações.

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/