Domingo, 21 de Janeiro de 2024, 16h15
XADREZ POLÍTICO
Descartado por Fávaro, Botelho vê plano B em novo partido: "é uma saída"
Ele é o pré-candidato ao Alencastro com melhor pontuações nas pesquisas

BRENDA CLOSS
Da Redação

EDUARDOBOTELHO-FEIRA

 

Após ter as portas fechadas do PSD pelo ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, o presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), deputado Eduardo Botelho (União), pode encontrar no Partido Renovação Democrática (PRD) uma "saída" para viabilizar sua candidatura à Prefeitura de Cuiabá neste ano. O parlamentar desconversou, mas citou qualidades na nova sigla. 

O PRD surge da fusão das agremiações Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Patriota, que foi aprovada em novembro de 2023 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Cuiabá, o partido deve ser comandado pelo vereador Kássio Coelho e busca nomes de peso para migrar para a nova casa. 

Dois nomes que já revelaram o desejo de embarcar na sigla são os deputados Dilmar Dal Bosco e Júlio Campos, ambos atualmente do União Brasil. Eles estiveram presentes em uma reunião com o presidente nacional do PRD, Ovasco Resende, em São Paulo na última quarta-feira (17). 

Atento ao xadrez político, o senador Jayme Campos (União) vê como uma possibilidade a ida de Eduardo Botelho para a nova agremiação, uma vez que o ministro Carlos Fávaro, declarou que o PSD irá apoiar a candidatura do deputado Lúdio Cabral (PT) em Cuiabá, por pedido do próprio presidente Lula (PT). A decisão também se deve devido a demora de Botelho em deixar o União Brasil. 

"Uma conversa realmente é bastante benéfica, conforme expressão dita pelo próprio Júlio Campos. Entretanto, vamos ver os acontecimentos como o que vai ser, se vai acontecer. Pode ser [uma boa alternativa] para Botelho", disse Jayme Campos em evento do Governo Estadual na última quinta-feira (18). 

Questionado sobre a hipótese, Eduardo Botelho desconversou, mas ponderou que a nova sigla possui qualidades. "Não conversei sobre essa possibilidade com Júlio, mas ele disse que estava estudando a possibilidade de pegar esse barquinho uma vez que é um partido bom, tem horário, tem tempo [de televisão] é uma saída", afirmou o deputado.


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/