Quarta-Feira, 01 de Julho de 2015, 15h33
Deputado quer acompanhar programas do Ministério da Agricultura em MT

Da Redação

O deputado Victório Galli (PSC) quer acompanhar de forma direta a execução dos convênios do Governo Federal com Mato Grosso, com ênfase nas ações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Galli protocolou dois requerimentos no ministério solicitando todas as informações para programar visitas in loco nos programas em andamento no Estado.

"Entendo que o Mato Grosso precise de mais atenção do Governo Federal. Temos potencial agrícola e os convênios apresentados ainda são insuficientes, mas reconheço que houve o retorno do Ministério com informações e, a partir de agora, vamos acompanhar de perto a execução de cada ação em prol da agricultura mato-grossense", pontuou Galli.

“É importante e necessário que a população esteja atenta às verbas enviadas para a sua cidade”, afirma o parlamentar. Segundo Galli, entre as ações do Ministério da Agricultura no Estado está o Pronatec da Pesca e Aquicultura, que se consiste na oferta de cursos de formação inicial e continuada. São 13 cursos de qualificação profissional na área da pesca e aquicultura.

Para este ano, por exemplo, estão ofertadas 300 vagas nos cursos de criador de peixes em tanques, condutor de turismo de pesca, operador de beneficiamento de pescado e piscicultor.

Galli adianta que ainda este ano é possível o Ministério da Agricultura firmar um acordo com o Ministério das Cidades para ampliar o acesso dos pescadores às políticas de habitação do Governo Federal. “São previstas ainda ações em parceria com o Ministério do Turismo, no âmbito da pesca esportiva, como a realização do campeonato nacional da pesca esportiva em Cáceres e Festival Internacional de Pesca Esportiva”.

O parlamentar federal também requereu informações sobre os programas de infraestrutura do ministério em estradas vicinais e no tocante a aquisição de máquinas agrícolas. Neste caso específico, o Ministério da Agricultura informou que o foco de ação está no pequeno e médio produtor, com a destinação de recursos para a pequena e média produção agropecuária. Em 2014, por exemplo, Mato Grosso teve 64 convênios e contratos. Foram investidos pelo ministério R$ 31 milhões em aquisição de máquinas agrícolas, adequação e manutenção de estradas vicinais.

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/