Quarta-Feira, 08 de Julho de 2015, 22h37
VG instala comissão para formular Plano Municipal de Educação

Da Redação

Visando fortalecer e garantir celeridade na elaboração do novo Plano Municipal de Educação (PME) de Várzea Grande, a Secretaria de Educação, Cultura, Esportes e Lazer ditou portaria de n° 23/2015 para criação de comissão técnica que vai desenvolver ações na reorganização e sistematização do novo planejamento do plano. Uma das ações prioritárias é a reconstituição do decreto que consolida a criação do Fórum Municipal de Educação do município.

Conforme a assessora pedagógica da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Mabel Strobel,  o Fórum foi instituído por meio do decreto 35/2015 e conta com representantes de instituições públicas, privadas, filantrópicas e membros da sociedade civil.  

“Juntos nos empenharemos para consolidar até o mês de agosto o Novo Plano Municipal de Educação de Várzea Grande. A equipe da comissão técnica da Educação juntamente com a secretária Zilda Pereira Leite de Campos e membros do Fórum estão garantindo  a celeridade nos trabalhos para formulação do documento que prevê diretrizes, objetivos, metas e estratégias de implementação do novo Plano para a próxima década”, explicou a assessora Pedagógica.

Em reunião realizada nesta semana entre os membros da Comissão Técnica e Fórum Municipal de Educação, foi acordado o calendário das Cirandas pela Educação e das Conferências de revisão do texto do Plano Municipal de Educação, ambas serão realizadas  entre os meses de julho e agosto.

A secretária Zilda Pereira Leite pontuou ainda que no ano de 2013 houve a determinação do Ministério da Educação para a elaboração do Plano Municipal de Educação (PME). Em 2014, a gestão municipal contratou a empresa Uniselva, com registro em Mato Grosso para prestar a consultoria necessária na elaboração, mas por não consolidar a legalização da inclusão da empresa na prestação de serviço, ocorreu atraso no andamento da elaboração. Mediante  isso, ao ser excluída do processo, a empresa levou todo o material que estava em andamento, travando ainda mais o cumprimento do prazo de entrega.

“Em 20 de maio, data em que assumi a gestão da Pasta, tomei conhecimento da situação e como medida de urgência protocolei documentos junto ao Ministério da Educação e secretaria Estadual de Educação solicitando a prorrogação do prazo para a entrega do novo plano. Sei que ocorreu o encerramento do prazo, mas não posso me responsabilizar pela perda de prazos de gestões anteriores. Estamos trabalhando incansavelmente para tentar reverter à situação. Com a instalação da comissão técnica e a restituição do Fórum Municipal de Educação iremos num tempo hábil formalizar o novo Plano Municipal de Educação, para apreciação e aprovação na Câmara de Vereadores. Vamos continuar trabalhando para resolver todas as demandas, em prol de uma educação de qualidade para o município”, finalizou a secretária.

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/