Sexta-Feira, 17 de Julho de 2015, 12h13
DESTAQUE
Matogrossenses apresentam cerveja artesanal em SP

Da Redação

kessbier.jpg

 

A fabricação de uma cerveja artesanal vai muito além da receita tradicional com ingredientes como malte e lúpulo. Ela também fabrica uma identidade própria, mesmo que a mistura de matérias-primas e sabores pareça improvável à primeira vista. Convite ao primeiro gole, a uma nova experiência. 

Em Nova Mutum, a 230 km de Cuiabá, Marco Piacentini, Guilherme Giorgi e José Bettú resolveram trilhar esse caminho com a proposta de oferecer ao mercado um produto que unisse o traço da tradição e uma marca tipicamente regional. Assim nasceu a “Kessbier”, uma cervejaria genuinamente mato-grossense. A palavra kess, em alemão, significa atrevimento. Ousadia traduzida em rótulos que vem caindo, pouco a pouco, no gosto dos mato-grossenses.

O grupo de fundadores da Kessbier participa da 2º edição da Feira Degusta Beer e Food, realizada em São Paulo, de 15 a 19 de julho. Voltado para os amantes da cerveja, o evento reúne centenas de participantes e mais de 400 rótulos trazidos por importadoras e cervejarias artesanais. “É a oportunidade de apresentarmos a Kessbier para as pessoas que, assim como nós, são apreciadores dessa arte de produzir e degustar uma boa cerveja artesanal”, destaca Marco Piancentini. 

Com foco na qualidade e pureza dos ingredientes, as opções na carta de cervejas da Kessbier utilizam malte, lúpulo, água e levedura sem aditivos químicos e nem conservantes artificiais, já que o lúpulo é um produto natural, que tem propriedades conservantes e antibacterianas, e além disso, adiciona à cerveja características próprias que passam pelo aroma e amargor.

A Cerveja Kessbier já foi premiada em eventos nacionais e internacionais. No Festival Brasileiro da Cerveja, realizado em Blumenau, Santa Catarina, o prêmio foi a medalha de prata para versão Marzen e medalha de bronze para a Kessbier Belgian Mango, que leva manga como toque especial ao aroma e coloração diferenciados. 

Na South Beer Cup, campeonato sul-americano conhecido como a “Copa Libertadores da Cerveja”, a Cerveja Kessbier Marzen foi premiada com medalha de bronze, escolhida como uma das melhores representantes do estilo Marzen na América do Sul.

“A ideia era fazer uma cerveja que refletisse a identidade regional. Fazer a cerveja, vê-la nascer na fábrica é maravilhoso e gratificante, assim como os prêmios conquistados até agora. Isso mostra que Mato Grosso que dá certo e produz muito no agronegócio também sabe produzir, sim, cerveja artesanal de qualidade”, atesta Marco Piacentini.

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/