Terça-Feira, 21 de Julho de 2015, 11h56
SANGUE NOVO
Jaime admite que esposa não deve disputar reeleição em VG

A GAZETA

lucimar-jaime-missa.jpg

 

Com o processo de fusão com o PTB frustrado, o Democratas inicia a partir do próximo mês um trabalho de reestruturação em Mato Grosso, com a realização de eleições para os diretórios e comissões provisórias nos municípios. Segundo o ex-senador Jayme Campos, o partido pretende buscar filiações de novos nomes, com vistas nas eleiões do próximo ano.

O objetivo é lançar o maior número de candidatos a pre-feitos e vereadores possível. Nos últimos anos, o DEM sofreu com a perda de repre-sentatividade.

Para o presidente regional da legenda, ex-deputado Júlio Campos, a sigla começou a perder for-ças no estado com a morte do senador Jonas Pinheiro. “Ele era atuante e representativo, tinha influência” afirmou.

Atualmente o DEM teria 52 mil filiações vigentes e registradas na Justiça Eleitoral.Apesar da liderança da família Campos na legenda, o ex-senador Jayme Campos afirma que nem ele nem a sua esposa Lucimar Campos possuem pretensão de disputar a prefeitura de Várzea Grande nas eleições do próximo ano. Ele ressalta que o partido vai trabalhar por uma candidatura própria no municí-pio, mas lembra que o resultado das negociações partidárias pode ser a coligação com aliados.


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/